Ejaculação precoce: muitos homens sofrem deste mal


O tratamento é simples e eficaz

Muitos homens sofrem de ejaculação precoce, e mesmo se tratando de um assunto repleto de esclarecimentos, ainda há muitos homens que encaram esse assunto como tabu.

Para a maior parte do público masculino é mais fácil não admitir o problema e seguir a vida "normalmente", do que procurar ajuda, que é muito simples, não provoca dor e não demora. O primeiro passo para o tratamento deste mal é admitir que ele existe.


Na maioria dos casos a ejaculação precoce está ligada ao fator psicológico, muitas vezes a ansiedade, insegurança e até mesmo a depressão podem estar por detrás do problema. O diálogo e cumplicidade com a parceira auxiliam e muito na resolução do problema.

Quando o homem sofre deste mal e não admite o problema, muitas vezes pode até mesmo no inconsciente relutar contra um relacionamento amoroso, há casos em que pode se sentir inferior em relação a si, o que pode levar ao problema da ejaculação precoce.

A maioria dos casos se resolve a partir do tratamento psicológico, quando o homem é casado ou namora é importante que sua companheira participe desse momento delicado, é fundamental esta demonstração de apoio.


O problema da ejaculação precoce é um mal que independe de idade. Há casos mais raros em que o problema pode estar ligado a fatores biológicos. Geralmente fatores biológicos são mais comuns em homens mais velhos.


A mulher no relacionamento também pode sofrer com o problema, há muitos casos que pensa que o problema está em si, que seu parceiro não a deseja ou até mesmo pode desconfiar da fidelidade do companheiro. Mas a ejaculação precoce é na maioria dos casos, decorrente do fator emocional e quando sua parceira não demonstra compreensão, o homem pode se sentir mais fragilizado, mais propenso ao desenvolvimento do problema. Algumas parceiras podem demonstrar até mais ansiedade que o homem para que o problema seja solucionado e isso pode gerar ainda mais insegurança e nervosismo.


Procurar um urologista é o primeiro estágio do tratamento, o médico levantará o histórico do paciente e indicará qual o melhor caminho para a solução.


A superação da ejaculação precoce dependerá principalmente de fatores individuais, há homens que experimentam a cura mais depressa que outros, geralmente o tratamento psicológico é o fator mais importante e que ajuda na conquista da cura do mal.


Não camufle o problema. Se ele existe, aceite e procure ajuda. A ejaculação precoce é um problema muito comum entre os homens e que tem tratamento. 

 

Daiana Barasa