Doenças relacionadas ao calor afetam os trabalhadores ao ar livre!


O calor extremo mata centenas de pessoas nos EUA a cada ano.

 
O calor extremo mata centenas de pessoas nos EUA a cada ano. De acordo com o Centro dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças, muitas pessoas morrem como resultado de tornados, furacões, inundações e raios combinados. Os verões são quentes na América do Norte, muitas vezes com ondas de calor em uma ou mais partes os EUA. Áreas a leste das Montanhas Rochosas tendem a experimentar altas temperaturas e alta umidade, algumas das piores ondas de calor têm sido catastróficas por causa da seca.
 
 
Já este ano, uma onda de calor causou a morte de um homem e hospitalizou pelo menos 40. As pessoas que trabalham ao ar livre estão particularmente em risco de desenvolver doenças provocadas pelo calor do verão. Em 2011, a Occupational Safety and Health Administration (OSHA) e a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), nos EUA, lançaram a campanha para prevenir a doença do calor nos trabalhadores ao ar livre.
 
 
O Dr. David Michaels, secretário-assistente de mão de obra para a Occupational Safety and Health Administration (OSHA), disse em uma entrevista gravada no site da OSHA que "a cada ano, milhares dos trabalhadores ao ar livre adoecem por causa do calor. O calor pode matar". Só no ano passado, pelo menos 30 trabalhadores ao ar livre nos EUA morreram como resultado da exposição ao calor, diz Michaels.
 
 
As doenças provocadas pelo calor se desenvolvem quando a capacidade natural do corpo para refrescar-se pela transpiração não é suficiente. Este é um problema especialmente ruim quando o calor é combinado com uma elevada humidade. Quando isso acontece, a temperatura do corpo pode subir a níveis perigosos se nenhuma precaução for tomada. As doenças resultantes da erupção de calor, as cãibras e a exaustão pelo calor e insolação, tudo isso pode ser fatal se não for tratada imediatamente. É importante não esquecer o protetor solar, especialmente entre as pessoas que trabalhem ao ar livre! 
 
 
A campanha para prevenir as doenças causadas pelo calor em trabalhadores ao ar livre tem como objetivo educar os trabalhadores e seus empregadores sobre como evitar as doenças provocadas pelo calor. A iniciativa oferece vários recursos de educação e formação, e destaca três palavras: água, descanso, sombra. Além disso, a campanha aconselha os empregadores a garantirem as seguintes precauções: beber água, pelo menos a cada 15 minutos, mesmo que não esteja com sede; evitar álcool e cafeína; e fazer pausas frequentes na sombra.
 
Henrique Torres