Doenças cardiovasculares, como se prevenir?


Saiba quais fatores de risco aumentam o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e quais cuidados tomar.

Pressão alta, acidente vascular cerebral e doenças coronarianas, estão entre as doenças que mais causam mortes no mundo. Mais de 80 milhões de pessoas, sofrem de ataques cardíacos, atualmente.
 
A pressão alta leva duas medições, a primeira caracteriza-se pela medição sistólica que mede a força do sangue contra as paredes das artérias, enquanto o coração se contrai. Normalmente, esse número pode variar entre 120 e 140 mmHg. A segunda medição é conhecida como diastólica, que mede a força do sangue no momento em que o ventrículo esquerdo volta a bombear o coração para retornar todo o processo de circulação. O valor considerado dentro da média, é de 80mmHg.
 
Se essa pressão não for monitorada regularmente, pode causar danos aos órgãos e aumentar o risco de doenças cardiovasculares. Para evitar que a pressão arterial fuja dos parâmetros normais, especialistas recomendam uma dieta equilibrada com nutrientes e proteínas, associada com a prática de exercícios físicos. 
 
Quando há uma obstrução das artérias, por conta das placas de gordura (colesterol e outras substâncias), o coração não recebe o fluxo sanguíneo que necessita para seu bom funcionamento. Isso resulta em coágulos sanguíneos e entupimento das artérias, causando ataques cardíacos. Nestes casos, especialistas indicam o medicamento Sinvastatina, que auxilia no melhor fluxo sanguíneo e diminui o risco de infartos.
 
O acidente vascular cerebral isquêmico ocorre quando um coágulo sanguíneo fornece oxigênio para o cérebro. Um fator de risco para este tipo de acidente é a hipertensão arterial não controlada. Por isso, especialistas alertam para a manutenção regular da pressão arterial e recomendam o medicamento Sinvastatina, que combate ao colesterol alto e promove o bom fluxo sanguíneo nas artérias.
 
Outros fatores de risco, que podem ocasionar em doenças cardiovasculares incluem:
 
- Estresse;
- Fumo;
- Má alimentação;
- Obesidade;
- Falta de exercícios físicos;
- Diabetes;
- Colesterol elevado (que pode ser tratado com o medicamento Sinvastatina);
- Pressão arterial elevada.
 
Muitos destes problemas estão relacionados tanto com histórico familiar, quanto idade avançada, contudo, em muitos casos é possível reverter o quadro da doença. Fazer boas escolhas significa adotar hábitos de vida saudáveis e praticar exercícios físicos regulares, assim como seguir as orientações dos especialistas.