Saiba dos direitos para que tem diabetes


resumo explicando os direitos que os portadores da diabetes tem e o que precisa fazer para usufruir desses direitos

 

Muitos diabéticos não fazem o devido tratamento da diabetes, visto que os medicamentos para diabetes e os matérias de aplicação são caros. Entretanto os diabéticos não têm mais motivos para não se tratar da maneira correta.
Talvez muitas pessoas ainda não saibam que quem tem diabetes tem o direito de receber gratuitamente a medicação e os materiais necessários para aplicação e monitoração da glicemia. Esse direito está assegurado na Lei 11347, promulgada no dia 27 de setembro de 2006.
Todavia, para a pessoa que porta a diabetes poder usufruir desse direito, ela precisa estar devidamente inscrita nos programas de educação para diabetes, precisando estar inscrita na UBS (Unidade Básica de Saúde) como sendo portadora da diabetes e inscrita como usuária do SUS. Para isso, ela precisa comparecer no posto de saúde mais próximo de sua residência, levando um documento de identificação e um comprovante de residência, para pode solicitar sua inscrição como portador de diabete e como usuário do SUS. Depois que receber o cartão do posto de saúde e o do SUS, será necessário apresentar a receita do medico que acompanha seu tratamento de diabetes. Ali no posto ele será informado quanto tempo levará para receber os medicamentos ou se ele ficará em fila de espera.
Os pacientes que tem diabetes tipo 1 têm o direito à insulina humana NPH e a insulina regular. Já os pacientes com diabetes tipo 2,  tem o direto à glibenclamida, em comprimidos de 5 mg; cloridrato de metformina, comprimidos de 500 e 850 miligramas e glicazida, em comprimidos de 80 miligramas.  
Além dos medicamentos, as pessoas portadoras da diabetes, seja do tipo 1 ou do tipo 2, tem o direito aos matérias para aplicação e controle, como seringas com agulhas para aplicação de insulina, lancetas para punção digital e as tiras reagentes utilizadas para medir a glicemia. 

diabetesMuitos diabéticos não fazem o devido tratamento da diabetes, visto que os medicamentos para diabetes e os matérias de aplicação são caros. Entretanto os diabéticos não têm mais motivos para não se tratar da maneira correta.

Talvez muitas pessoas ainda não saibam que quem tem diabetes tem o direito de receber gratuitamente a medicação e os materiais necessários para aplicação e monitoração da glicemia. Esse direito está assegurado na Lei 11347, promulgada no dia 27 de setembro de 2006.

Todavia, para a pessoa que porta a diabetes poder usufruir desse direito, ela precisa estar devidamente inscrita nos programas de educação para diabetes, precisando estar inscrita na UBS (Unidade Básica de Saúde) como sendo portadora da diabetes e inscrita como usuária do SUS. Para isso, ela precisa comparecer no posto de saúde mais próximo de sua residência, levando um documento de identificação e um comprovante de residência, para pode solicitar sua inscrição como portador de diabete e como usuário do SUS. Depois que receber o cartão do posto de saúde e o do SUS, será necessário apresentar a receita do medico que acompanha seu tratamento de diabetes. Ali no posto ele será informado quanto tempo levará para receber os medicamentos ou se ele ficará em fila de espera.

Os pacientes que tem diabetes tipo 1 têm o direito à insulina humana NPH e a insulina regular. Já os pacientes com diabetes tipo 2,  tem o direto à glibenclamida, em comprimidos de 5 mg; cloridrato de metformina, comprimidos de 500 e 850 miligramas e glicazida, em comprimidos de 80 miligramas.  

Além dos medicamentos, as pessoas portadoras da diabetes, seja do tipo 1 ou do tipo 2, tem o direito aos matérias para aplicação e controle, como seringas com agulhas para aplicação de insulina, lancetas para punção digital e as tiras reagentes utilizadas para medir a glicemia.