Dezembro começa com a luta contra a AIDS


Dia mundial para esta causa promoveu campanhas e mobilizações nacionais

De acordo com os dados recém-divulgados pelo Governo Federal, o Brasil possui 135 mil pessoas portadoras do vírus HIV que desconhecem o próprio diagnóstico. Esta divulgação, além de atualizar o boletim dos casos de Aids no Brasil, está associada ao alerta de campanhas de mobilização nacional, promovidas nas últimas semanas para o dia 1 de dezembro – Dia Mundial da Luta Contra a AIDS.

Com o slogan “Não fique na dúvida, fique sabendo”, a campanha enfatiza a importância do diagnóstico precoce da doença, o sigilo e confidencialidade do resultado do teste, assim como o respeito aos direitos humanos. Entre os dias 20 de novembro e 1° de dezembro, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), realizou um plano de mobilização distribuindo preservativos e gel lubrificante, medicamentos, além de realizar cerca de 10 mil testes rápidos de HIV, Sífilis e Hepatites B e C em diversos estados brasileiros.

O desconhecimento sobre a presença do vírus HIV gera diversas consequências ao organismo. Entre elas estão o maior risco de desenvolvimento de doenças pulmonares e da falência do organismo. No entanto, outro grande fator é o de contaminação de outras pessoas por meio da relação sexual desprotegida, considerada a principal forma de transmissão da doença.

O teste para o vírus pode ser feito na Unidade Básica de Saúde (UBS). Apenas uma gota de sangue é colhida e o resultado sai em 30 minutos, aproximadamente. Quando o diagnóstico é precoce, as chances são bem maiores de se reduzir a carga viral do paciente através de tratamentos com medicamentos específicos – os chamados de antirretrovirais.

“Fique Sabendo” é uma importante campanha de saúde pública. Ajude a mobilizar o maior número de pessoas nesta causa o ano todo!

Por: AgComunicado