Daclatasvir: Importante medicamento no tratamento da Hepatite C


Conheça o Daclatasvir

O ex-Ministro da Saúde Arthur Chioro anunciou em janeiro deste ano (2015) o registro do medicamento Daclatasvir e a avaliação do produto por meio da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec).

O medicamento voltado para o tratamento da hepatite C estava na prioridade dentre os medicamentos que deveriam ser avaliados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

O produto foi liberado no Brasil e a utilização deste medicamento garante o índice de cura de 90% em casos de hepatite C.

A demanda do Daclatasvir e de outros medicamentos no SUS (Sistema Único de Saúde) era recorrente dos muitos efeitos colaterais causados por medicamentos tradicionais injetáveis para o tratamento da hepatite C. Muitos portadores da doença eram obrigados a interromper o tratamento por conta dos efeitos colaterais e a cura não ultrapassava a marca de 70%.

A revolução em torno de novas substâncias como é o caso do Daclatasvir é que, este medicamento aumenta as chances de cura da doença e reduz o tratamento de 48 para 12 semanas (número bastante significativo).

Mas o que é a hepatite C?

A hepatite C é uma doença que pode levar à morte. É uma doença causada por vírus e que se transmite prioritariamente pelo sangue, mas também pode ser repassada por meio de contato sexual e há casos em que é transmitida de mães para bebês.

Na rede pública de saúde o número de portadores de hepatite C chega a 16 mil pessoas. 

Um dos sintomas no caso da doença são: dor de cabeça intensa e frequente; mal-estar; fadiga; dor nas articulações; pele e olhos com tom amarelado; urina escura (cor semelhante à refrigerante à base de cola), entre outros. 

A principal mudança a partir do tratamento com o Daclatasvir é que se trata de uma droga de uso oral e assim, viabiliza o tratamento até mesmo em casos de pessoas que tenham aids ou que sejam transplantadas, − pessoas que apresentam maior dificuldade de tratamento com medicamentos injetáveis.

Pode-se afirmar que este medicamento representa uma revolução no tratamento e cura da doença Hepatite C e que além disso, melhora a qualidade de vida da pessoa e concomitantemente aumenta a expectativa de vida do paciente.

É fundamental em caso de quaisquer sintomas da doença, procurar atendimento médico para tratamento imediato.

 

 

 

Daiana Barasa