Cuidado com os temperos de cozinha!


Escondido dentro de seu moedor de pimenta e cominho podem haver coisas como pelos de roedores e até salmonela.

 
 
Escondido dentro de seu moedor de pimenta e cominho podem haver coisas como pelos de roedores e até salmonela, afirma um novo relatório recentemente publicado pelo Food and Drug Administration (FDA). 
 
 
Intitulada "Patógenos e imundices em temperos", o relatório afirma que até 12 por cento de todas as importações de especiarias dos EUA podem conter sujeira escondida e insetos, enquanto até 7 por cento pode conter contaminantes bacterianos.
 
 
De acordo com a CNN, a agência decidiu lançar uma investigação sobre o conteúdo de temperos de cozinha importados como parte de uma avaliação geral de seus riscos de segurança. 
 
 
A própria agência diz que o esforço foi idealizado em resposta às crescentes preocupações sobre a eficácia das medidas de controle de segurança em vigor para os temperos. Mas, com base nas conclusões do relatório, as especiarias são geralmente seguras e representam um risco mínimo para a saúde humana.
 
 
No entanto, o Food and Drug Administration (FDA) está convencido de que as especiarias podem ser perigosas, categorizando-as como um "desafio sistêmico", devido ao fato de que elas geralmente contêm cerca de duas vezes mais "porcarias", como outros tipos de alimentos importados. 
 
 
E ainda, com base no valor de registros de 37 anos, houve apenas 14 focos em todo o mundo que têm sido associados a especiarias e temperos, resultando em menos de 2.000 doenças humanas e 128 internações.
 
 
"Concordamos que os temperos devem estar limpos e atender aos padrões do Food and Drug Administration (FDA) e serem livres de patógenos", afirmou Cheryl Deem, Diretor Executivo do Spice Trade Association americana, a CNN sobre as descobertas. 
 
 
"Achamos realmente interessante que o Food and Drug Administration (FDA) disse que eles estavam indo para usar este relatório para desenvolver um plano para reduzir as doenças, mas se você olhar para os dados não acho que isso é um problema significativo. Isso é um pequeno número de doenças".
 
 
Mesmo em seu novo relatório, o Food and Drug Administration (FDA) admite que o objetivo da agência é utilizar mais das disposições descritas no Food Asfety Modernization Act, a reforma regulatória infame que harmoniza a lei americana com o código de comida internacional, o Codex Alimentarius.
 
Henrique Torres