Conhece as gorduras do bem?


Nem toda gordura é prejudicial à saúde.

 Conhecer a diferença entre as diversas gorduras presentes nos alimentos é fundamental para beneficiar a própria saúde e extrair da alimentação o que ela tem de melhor. Você sabia que nem toda a gordura é prejudicial à saúde? Pelo contrário, algumas são essenciais para o equilíbrio e bom funcionamento do organismo.
 
As gorduras podem ser saturadas, insaturadas e trans. A gordura saturada é encontrada em alimentos de origem animal, como carne vermelha, leite e derivados. É considerada uma gordura “do mal” por aumentar o nível de LDL (colesterol ruim) no sangue e também as chances de desenvolver problemas cardíacos. 
 
As gorduras insaturadas provém de alimentos de origem vegetal, e portanto, podem ser consideradas aliadas da saúde. Azeite, castanhas e nozes estão entre as principais fontes. Esse tipo de gordura contribui para o aumento do HDL (colesterol bom), não prejudica o funcionamento das artérias e ajuda a reduzir o LDL (colesterol ruim). 
 
Já a gordura trans encontra-se nas carnes e também resulta da transformação industrial. É encontrada em alimentos como biscoitos e bolachas doces, pães, sorveres, chocolates e guloseimas. O excesso dessa gordura contribui para o aumento dos níveis de LDL e a redução do HDL. Segundo o Ministério da Saúde, o ideal é consumir apenas 2 gramas de gordura trans por dia, quantidade equivalente a quatro unidades de biscoitos doces. 
 
No entanto, não é preciso abolir todas as gorduras ditas “ruins” do cardápio. Se consumidas em quantidades moderadas – especialmente a gordura insaturada – podem servir como fonte de energia para o organismo e trazer benefícios para a saúde estética, como a elasticidade da pele e o equilíbrio do metabolismo. Para quem pratica exercícios físicos, pode proteger e ajudar na regeneração do desgaste provocado pelos exercícios. 
 
Para extrair apenas os benefícios, a dica é clara: mantenha a alimentação equilibrada. Alternar o consumo de carnes vermelhas e brancas e evitar a gordura trans no cardápio diário ajudam a tornar a alimentação mais leve, nutritiva e saudável. A recomendação é que a dieta contenha 30% da ingestão calórica diária de gorduras: dois terços de gorduras insaturadas e um terço de gorduras saturadas.
 
Por: AgComunicado