Conheça três doenças dos pés!


Gota, Verrugas Planares e Pé de Atleta – o que são e como evitar?

 
Gota, Verrugas Planares e Pé de Atleta – o que são e como evitar?
 
 
Gota
 
 
A forma de artrite, a gota é caracterizada por dor súbita, vermelhidão, inchaço e rigidez, e ocorre geralmente na grande articulação do dedão do pé. A gota pode ocorrer também no pé, no tornozelo ou no joelho. Ela é causada pelo excesso de ácido úrico (AU) no corpo, que pode formar cristais duros nas articulações. Os ataques podem durar dias ou semanas, e podem ser tratados com anti-inflamatórios. Converse com seu médico sobre as mudanças de dieta que ajudam a quebrar a gota. Para acalmar a dolorosa crise de gota, o médico dispõe principalmente de medicamentos analgésicos ou anti-inflamatórios como ibuprofreno.
 
 
Verrugas Plantares
 
 
As verrugas plantares são difíceis, são tumores que se desenvolvem nas solas dos pés. Contagiosa, elas são causadas por um vírus que entra através da pele quebrada, e muitas vezes se espalham através de piscinas públicas e chuveiros. As verrugas plantares são inofensivas e podem ser deixadas sem tratamento, mas em muitos casos elas são muito dolorosas para serem ignoradas. Ácido salicílico tópico pode ajudar, enquanto queima, congelamento, terapia a laser e remoção cirúrgica são opções mais agressivas para os casos mais graves.
 
 
Tricofitia (pé de atleta)
 
 
A infecção fúngica que pode causar descamação, vermelhidão, coceira, queimação e, às vezes bolhas e feridas, o pé de atleta é levemente contagioso, passa por contato direto ou por andar descalço em áreas como vestiários, ou perto de piscinas. Os fungos, em seguida, crescem em sapatos, especialmente os apertados, sem circulação de ar. O pé de atleta é geralmente tratado com cremes antifúngicos tópicos ou medicamentos via oral para os casos mais graves.
 
Henrique Torres