Conheça a Herança Epigenética


Veja como os genes poderiam reter alguma memória de suas experiências anteriores

Conheça a Herança Epigenética
 
 
O Dr. Jamie Hackett da Universidade de Cambridge, que liderou a pesquisa, disse: "nossa pesquisa demonstra como genes poderiam reter alguma memória de suas experiências anteriores, revelando que um dos grandes obstáculos para a teoria da herança epigenética - que informação epigenética é apagada entre gerações - deve ser reavaliada". 
 
 
"Parece que, enquanto os precursores para o esperma e os ovos são muito eficazes em apagar a maioria das marcas de metilação, eles são falíveis e com pouca frequência e podem permitir que alguma informação epigenética fosse transmitida para gerações subsequentes. A herança de informação epigenética diferencial poderia potencialmente contribuir para características alteradas ou de suscetibilidade a doenças na prole e futuros descendentes. No entanto, não é ainda claro que consequências a herança epigenética pode ter nos seres humanos. Mais estudos devem nos dar uma compreensão mais clara da extensão para que os traços hereditários possam ser derivados da herança epigenética e não apenas a partir dos genes, que poderia ter consequências profundas para as gerações futuras". 
 
 
O Professor Azim Surani da Universidade de Cambridge, investigador principal da pesquisa, disse: "o novo estudo tem muito potencial para ser explorado de duas maneiras distintas. Em primeiro lugar, o trabalho poderia fornecer informações sobre como apagar marcas epigenéticas aberrantes que sustentam algumas doenças em adultos. Em segundo lugar, o estudo fornece oportunidades para endereçar se as células germinativas podem adquirir novas marcas epigenéticas através de influências ambientais ou dietéticas, e se os genes dos pais que podem iludir o apagamento e serem transmitidos para gerações subsequentes, com consequências potencialmente indesejáveis".
 
 
Henrique Torres