Como enganar o apetite?


Com armadilhas à espreita em cada mesa de jantar e prateleira da despensa, é fácil comer demais.

 
Com armadilhas à espreita em cada mesa de jantar e prateleira da despensa, é fácil comer demais. Veja como navegar nas zonas de perigo sem ganhar peso e talvez até emagrecer. Como contornar essas armadilhas da dieta? Coisas ao seu redor, desde as velas em sua mesa da sala de jantar até os pratos de sobremesa muito bonitos, estão preparando-o para abusar na hora de comer. "Mas se você entender as forças externas que fazem você comprar e comer mais, você pode evitar as armadilhas", diz Brian Wansink, membro do conselho consultivo FITNESS.
 
 
O tempo da refeição.
 
 
Sempre ouvimos falar que comer rápido faz mal, e você sabe que esse mau hábito faz com que você consuma mais calorias. Mas comer muito devagar também pode sair pela culatra. Uma pesquisa mostra que quanto mais tempo uma refeição dura, é mais provável que tomemos um terceiro copo de vinho ou mais um pouco de comida. "Basta sentar-se à mesa, isso significa uma maior chance de mordiscar alguma coisa, mesmo se você não estiver com fome", diz Sasha Loring, professora e psicoterapeuta na da Duke. Esquive-se: Uma refeição deve durar 45 minutos, o suficiente para que você possa apreciá-la, mas não tanto para que você coma demais. 
 
 
Etiquetas de baixa gordura.
 
 
Quando a comida - mesmo batatas fritas ou bolachas - é rotulada como tendo baixa gordura, nós pensamos que ela é saudável e tendemos a ir ao exagero, mostra a pesquisa. Esquive-se: Dê uma olhada no tamanho da porção, e coloque parte desse montante em saquinhos, sugere Genevieve Smith, de 32 anos, uma professora da South Jamesport, em New York. Ela prepara seus próprios pacotes com 100 calorias de chips e biscoitos integrais. Um bônus: pacotes menores fornecem um ponto de parada, para que você possa decidir se deseja continuar comendo. Se você acha que já comeu uma dose inteira, é mais provável que você se sinta satisfeito.
 
 
Refeições na frente da TV.
 
 
Quantas vezes nesta semana você jantou sob a influência da TV? Um estudo da Universidade de Toronto mostrou que as pessoas que comeram na frente da TV consumiam, em média, mais 228 calorias do que aquelas que não o fizeram. "Se você está distraído durante uma refeição, você vai apreciar a sua comida menos e perder a noção do quanto você está comendo", diz Bonnie Taub-Dix, porta-voz da Associação Dietética Americana. Esquive-se: Não é possível desistir de uma noite em frente a TV? Considere este deleite depois do jantar. Ou faça o que  a Jessica Downey, de 31 anos, uma editora da Pensilvânia, faz: "eu como durante os comerciais, gosto da minha comida mais porque eu não estou distraída, e as pausas me ajudam a reconhecer quando estou cheia".
Henrique Torres