Como é Feito o Diagnóstico da Gastrite?


Veja como é realizado o diagnóstico da gastrite!

Como é Feito o Diagnóstico da Gastrite?
 
 
Muitas vezes um diagnóstico da gastrite pode ser feito com base na descrição do paciente ou de seus sintomas que podem incluir:
 
 
1. Náuseas;
2. Vômitos (se estiver presente, pode ser claro, verde ou amarelo, com listras de sangue ou completamente sangrento, dependendo da gravidade da inflamação do estômago);
3. Arroto (se presente, geralmente não alivia a dor muito);
4. Distensão abdominal;
5. Saciedade precoce;
6. Perda de apetite;
7. Perda de peso sem explicação.
 
 
Mas existem outros métodos que podem ser utilizados para verificar a existência da gastrite, estes métodos incluem:
 
 
1. Exames de sangue;
2. Contagem de células do sangue;
3. Presença de H. Pylori;
4. Gravidez;
5. Funções do fígado, rim, vesícula biliar ou pâncreas;
6. Exame de urina;
7. Amostra de fezes, olhar para o sangue nas fezes;
8. Raios-x;
9. ECGs;
10. Endoscopia, para verificar se há revestimento mucoso, erosão e inflamação do estômago;
11. Biópsia de estômago, gastrite e outras condições.
 
 
Uma gastroscopia, o exame de sangue, um teste de hemograma completo ou um exame de fezes podem ser usados para diagnosticar a gastrite. O tratamento inclui tomar antiácidos ou outros medicamentos, como inibidores de bomba de protões ou antibióticos e evitar alimentos quentes ou picantes. Para aqueles com anemia perniciosa, injeções de B12 são dadas, mas mais frequentemente suplementos orais de B12 são recomendados. 
 
 
Pantoprazol pode ser utilizado para o tratamento da gastrite, pois este medicamento tem a ação de inibir a acidez do estomago. O Pantoprazol geralmente oferece um rápido alívio aos sintomas.
 
Henrique Torres