Como Confirmar o Diagnóstico da Doença Celíaca


Entenda como é feita a confirmação do diagnóstico de doença celíaca.

Como confirmar o diagnóstico de doença celíaca


Alguns médicos acreditam que somente as pessoas magras que perdem peso podem ter a doença celíaca, mas isso não é verdade, diz a Dra. Sheila Crowe, uma professora na divisão de gastroenterologia e hepatologia do departamento de medicina da Universidade de Virgínia. A resposta "rápida" para se saber se o paciente possui a doença celíaca é pedir um exame de sangue chamado de teste de anticorpos TTG. Se este teste for positivo - isto é, os resultados são anormais, ou aumentados - então deve passar a ter uma endoscopia superior, um processo que permite que o âmbito médico tome pequenas amostras de biópsias intestinais para confirmar o diagnóstico sugerido pelo teste de anticorpos. No entanto, há muitos rodeios sobre o diagnóstico da doença celíaca.
 
 
Modernos ensaios anti-tTG dependem de uma proteína humana recombinante como antigênio. O teste tTG deve ser feito em primeiro lugar, uma vez que é mais fácil para este teste ser realizado. Um resultado ambíguo no teste tTG deve ser seguido por anticorpos antiendomísio. A doença celíaca é uma doença autoimune que está associada com outras doenças autoimunes como a diabetes, que pode ser controlada por medicamentos como o Victoza.


Devido às maiores implicações do diagnóstico da doença celíaca, orientações profissionais recomendam que um exame de sangue positivo ainda deva ser seguido por uma endoscopia / gastroscopia e biópsia. Um teste de sorologia negativo ainda pode ser seguido por uma recomendação para endoscopia e biópsia duodenal se a suspeita clínica permanece elevada, devido ao 1 em 100 "falso-negativo" resultados. Como tal, a biópsia do tecido ainda é considerada o padrão ouro para o diagnóstico da doença celíaca.

 
Henrique Torres