Castanha-do-pará é excelente fonte de nutrientes


Saiba mais sobre este fruto oleaginoso.

 Nativo da Floresta Amazônica, o fruto da castanheira é considerado, do ponto de vista nutricional, uma excelente fonte de nutrientes. A castanha-do-pará, conhecida mundialmente como castanha-do-brasil, é uma oleaginosa rica em vitamina B e E, proteínas, fibras e ácidos graxos. Contém selênio,  altamente antioxidante, que gera diversos benefícios para a saúde.
 
Segundo dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), a castanha-do-pará está entre os alimentos funcionais, que são aqueles cujas qualidades nutritivas promovem melhorias à saúde cardiovascular, combatem a obesidade, o diabetes ou previnem doenças como o câncer. Uma única unidade de castanha-do-pará por dia é o suficiente para garantir benefícios. Ao lado da alimentação saudável, é recomendada a prática de atividades físicas e o seguimento das recomendações médicas.
 
Graças às altas taxas de selênio que compõe a castanha-do-pará, ela é indicada para compor a dieta que quem busca combater o envelhecimento precoce e prevenir o aparecimento de tumores e doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer e a esclerose múltipla. Também pode ser adicionada à alimentação diária para melhorar o sistema imunológico, reduzir os níveis de colesterol ruim do sangue e auxiliar o funcionamento da tireoide.
 
Vale lembrar que, apesar dos diversos benefícios proporcionados pela castanha-do-pará, ela não deixa de ser um fruto oleaginoso, rico em gorduras. Mesmo sendo consideradas “gorduras do bem”, os ácidos graxos ômega 3 e 6, quando consumidos em excesso, contribuem para o aumento de peso. 
É possível encontrar versões orgânicas, livres de agrotóxicos. 
 
Duas ou três unidades por dia é a quantidade ideal, podendo ser ingeridas em sua forma original ou triturada, acompanhando frutas e iogurtes. 
 
Por: AgComunicado