Calvície - O Pesadelo dos homens


as causas da calvície e os tratamentos com medicamentos

A calvície atormenta muitos homens. Ela ocorre quando a queda de cabelos é superior que a taxa normal de queda e não ocorre a devida reposição desses fios. Alem dos homens, a calvície também afeta as mulheres, todavia, os motivos que causam a queda dos cabelos nas mulheres são mais complexos. Vale lembrar que diariamente perdemos entre 50 e 90 cabelos por dia, principalmente à noite, quando estamos dormindo; e quando vamos nos pentear ou quando lavamos a cabeça. Por isso lembre-se de que nossos cabelos têm um ciclo de vida. Eles crescem, caem e são substituídos por novos fios.
Vamos considerar um pouco sobre a calvície nos homens e ver os tratamentos que existem para calvície. A principal causa que leva a queda acentuada dos cabelos é a genética, mais conhecida como androgenia. Cerca de 50% dos homens que têm os pais calvos desenvolve a calvície. Além da androgenia, a grande quantidade do hormônio Dihidrotestosterona no folículo capilar, ou a grande quantidade de sebo no couro cabeludo que causam a má nutrição dos cabelos pode levar a calvície. A alopecia Areata, que é uma condição auto-imune, também pode causar a calvície e dietas deficientes de proteínas, muito estresses ou reações a medicamentos, radiação ou a produtos químicos podem ser as causas da calvície.
A calvície genética é provocada devido à interação entre as informações genéticas e o metabolismo dos hormônios masculinos. Quando a calvície é causada devido a genética, ela pode começar cedo, na fase final da adolescência, exceto os casos que ela comece de maneira mais prematura, a partir dos 15 anos. Com o passar dos anos a incidência de calvície aumenta. Os especialistas estimam que ¼ dos pacientes começam a perder cabelo com menos de 25 anos, e depois dos 40 o percentual aumenta para 40% de casos de calvície e a partir dos 50 anos, metade dos homens têm calvície. Normalmente, cerca de 70% dos casos de calvície é por alopecia androgenética seborréica e os outros 30% é calvície seca.
Atualmente existem diversos tratamentos para calvície. Os principais tratamentos utilizam propecia, um medicamento que age sobre o hormônio dihidrotestosterona, o minoxidil e o avicis, líquidos tópicos que são aplicados no couro cabeludo, indicado principalmente para os casos de calvície precoce. No entanto, cabe lembrar que esses medicamentos eles não iram curar a calvície, eles irão estabilizar o processo de queda e talvez recupere um pouco os cabelos que se foram. 
Esses tratamentos são utilizados quando o caso de calvície ainda não está em um estágio avançado. Quando os folículos capilares estão, de certa forma, mortos e a queda do cabelo está estabilizada, uma saída que muitos utilizam é o transplante capilar. Esse transplante só é possível quando o paciente Tem cabelos na área doadora.
Então vimos durante essa leitura vimos alguns motivos que levam a queda de cabelos nos homens, como fatores genéticos e hormonais e fatores como uma dieta com poucas proteínas. Vimos que existem alguns produtos que ajudam a para o processo de calvície, no entanto, como esses medicamentos não curam a calvície em si, eles deveram ser sempre tomados, e vimos ainda, que é possível fazer transplantes capilares para as regiões calvas.

calvicieA calvície atormenta muitos homens. Ela ocorre quando a queda de cabelos é superior a taxa normal de queda e quando não ocorre a devida reposição desses fios. Vale lembrar que diariamente perdemos entre 50 e 90 cabelos por dia, principalmente à noite, quando estamos dormindo; e quando vamos nos pentear ou lavar a cabeça. Por isso lembre-se de que nossos cabelos têm um ciclo de vida. Eles crescem, caem e são substituídos por novos fios.

Vamos considerar um pouco sobre a calvície nos homens e ver os tratamentos que existem para calvície.

A principal causa que leva a queda acentuada dos cabelos é a genética, mais conhecida como androgenia. Cerca de 50% dos homens que têm os pais calvos desenvolve a calvície. Além da androgenia, a grande quantidade do hormônio Dihidrotestosterona no folículo capilar, ou a grande quantidade de sebo no couro cabeludo que causam a má nutrição dos cabelos pode levar a calvície. A alopecia Areata, que é uma condição auto-imune, também pode causar a calvície e dietas deficientes de proteínas, muito estresses ou reações a medicamentos, radiação ou a produtos químicos podem ser as causas da calvície.

A calvície genética é provocada devido à interação entre as informações genéticas e o metabolismo dos hormônios masculinos. Quando a calvície é causada devido a genética, ela pode começar cedo, na fase final da adolescência, exceto os casos que ela comece de maneira mais prematura, a partir dos 15 anos. Com o passar dos anos a incidência de calvície aumenta. Os especialistas estimam que ¼ dos pacientes começam a perder cabelo com menos de 25 anos, e depois dos 40 o percentual aumenta para 40% de casos de calvície e a partir dos 50 anos, metade dos homens têm calvície. Normalmente, cerca de 70% dos casos de calvície é por alopecia androgenética seborréica e os outros 30% é calvície seca.

Atualmente existem diversos tratamentos para calvície. Os principais tratamentos utilizam propecia, um medicamento que age sobre o hormônio dihidrotestosterona, o minoxidil e o avicis, líquidos tópicos que são aplicados no couro cabeludo, indicado principalmente para os casos de calvície precoce. No entanto, cabe lembrar que esses medicamentos eles não iram curar a calvície, eles irão estabilizar o processo de queda e talvez recupere um pouco os cabelos que se foram. 

Esses tratamentos são utilizados quando o caso de calvície ainda não está em um estágio avançado. Entretanto, quando os folículos capilares estão mortos e a queda do cabelo está estabilizada, uma saída que muitos utilizam é o transplante capilar. Esse transplante só é possível quando o paciente Tem cabelos na área doadora.

Então vimos durante essa leitura vimos alguns motivos que levam a queda de cabelos nos homens, como fatores genéticos e hormonais e fatores como uma dieta com poucas proteínas. Vimos que existem alguns produtos que ajudam a para o processo de calvície, no entanto, como esses medicamentos não curam a calvície em si, eles deveram ser sempre tomados, e vimos ainda, que é possível fazer transplantes capilares para as regiões calvas.