Barrinhas de cereais podem ser consumidas à vontade?


Entenda sobre os prós e contras do consumo desses produtos

Quem nunca recorreu às barrinhas de cereais com o intuito de driblar aquela fome que surge repentinamente? E hoje no mercado há inúmeros sabores disponíveis, alguns tão deliciosos  que fica difícil imaginar que esses produtos podem auxiliar no emagrecimento, até mesmo as crianças gostam das barrinhas pelo sabor.

Mas será que as barrinhas de cereais realmente ajudam a emagrecer? Será que consumir com frequência esses alimentos pode fazer bem à saúde?

Há alguns sabores disponíveis mais ricos em açúcares e em sabor que outros, os sabores banana com chocolate e castanhas com chocolate são os mais queridos pela maioria das pessoas. Há ainda as versões cobertas por chocolate que dificilmente farão alguém resistir e comer apenas uma barrinha... (risos)

O que deve ser lembrado é que barrinhas de cereais não são alimentos que podem ser consumidos indiscriminadamente, devem ser consumidas com equilíbrio. A riqueza em fibras só trará resultados se houver o consumo equilibrado de água. 

Mesmo preferindo os sabores mais incrementados e com sabor mais acentuado, prefira as versões mais tradicionais, com “cara” de barrinha de cereal mesmo.

Esses produtos são devem ser consumidos como substitutos de refeições, devem ser encarados como suplementos na dieta.

Pessoas que estão na luta pelo emagrecimento devem prestar a atenção à quantidade que ingerem de barrinhas ao longo do dia. Prefira as versões mais pobres em açúcares e ricas em fibras.

Muitas pessoas estão acostumadas a procurar dietas em sites, livros, ou a usar como referência exemplos de celebridades que emagreceram, mas é importante ressaltar que dietas não são universais e por isso é importante consultar um nutricionista para orientar qual a dieta apropriada para o tipo de resultado que se quer obter se norteando sempre pela saúde.

Se você exagera na quantidade de barrinhas de cereais comece a observar esse hábito e reduza essa quantidade ao longo do dia, se não tem o hábito de beber água, comece a ingerir mais líquidos. Ingerir fibras sem a presença de água no organismo, pode levar ao ressecamento e causar até mesmo problemas mais graves a longo prazo como a diverticulite, para que as fibras façam efeito e de fato regulem o funcionamento intestinal, é importante beber pelo menos dois litros de água por dia.

Barrinhas de cereais devem ser opção na dieta, há outros alimentos ricos em fibras que podem ser explorados para lanche entre as refeições, um bom exemplo é a pera ou maçã, duas frutas ricas em fibras e que produzem sensação de saciedade no organismo.

Agora que você conhece os prós e contras do consumo das barrinhas de cereais, vale repensar a dieta prezando sempre pela saúde.

Daiana Barasa