Bahia sofre com falta de remédios


Unidades de distribuição têm falta de medicamentos

Os pacientes que precisam de medicamentos caros para o controle de enfermidades como câncer e diabetes estão com dificuldades para seguir seus tratamento devido ao problema de falta de remédios nas unidades de distribuição no estado da Bahia. Há muitos pacientes que têm necessidade de seguir tratamentos que não podem ser interrompidos, como no caso e quem sofre transplante de rim. Os transplantados devem tomar seus medicamentos diariamente para evitar a sua rejeição. O paciente tem o direito de ter acesso ao medicamento, gratuitamente. Infelizmente houve casis de atraso na entrega.

Em Salvador, por exemplo, atrasos também têm ocorrido com relação às necessidades dos pacientes.  

Os dramas individuais. Há quem esteja brigando na justiça para fazer valer seu direito de acesso aos medicamentos. Para os que sofrem com doenças sérias, não admite-se tempo a perder sem tratamento. As chances de cura precisam ser garantidas a todos os pacientes. 

Na Secretaria da Saúde de Salvador, o comunicado foi de que houve atraso na entrega do medicamento para diabetes mas que a entrega de medicamentos e materiais já está sendo regularizada. A Secretaria Estadual da Saúde. Já em Feira de Santana, já foi iniciada a distribuição dos remédios que evitam a rejeição do transplante.

Fonte: G1