As Novas Pesquisas Sobre os Tratamentos da Diabetes


Conheça quais são os avanços mais recentes em torno do tratamento e diagnóstico da diabetes.

Rosengren diz que a proteína SFRP4 é um forte "marcador de risco" que está no sangue e faz com que a diabetes tipo dois seja diagnosticada vários anos antes do que o diagnóstico normal. Ele e seus colegas descobriram que a ligação com o marcador foi independente de outros fatores de risco conhecidos para o diabetes tipo dois, como obesidade e idade. Isso permite que tratamentos com medicamentos como o Victoza se tornem mais eficazes.
 

"Em longo prazo, nós esperamos que as pessoas com diabetes tipo um possam ser capazes de regenerar suas próprias células produtoras de insulina. Isto significa que eles poderiam fazer a sua própria insulina e recuperar o controle de seus níveis de glicose do sangue, curando a sua diabete" declara Harrison, adicionando a ressalva: "É claro, esta estratégia só funcionará se nós podemos conceber maneiras de superar o ataque imune às células produtoras de insulina, que causa o diabetes em primeiro lugar".


Fundos do JDRF, a saúde nacional e Conselho de pesquisa médica da Austrália e o governo ajudaram a financiar o estudo.


Thomas Kuhn, CEO da Poxel concluiu: "Em apenas dois anos desde nossa primeira rodada de financiamento, a empresa completou duas bem sucedidas fases II em ensaios clínicos com Imeglimin. Este segundo ensaio clínico positivo demonstra o potencial do Imeglimin para complementar a eficácia de drogas principais, que traz ainda mais valor à nossa confiança composta e acrescentou em seu desenvolvimento posterior. Na paisagem tipo 2 de diabetes, Imeglimin está por vir em uma corrida onde novos operadores ainda precisam provar sua eficácia, sua combinação e sua segurança."
 
Henrique Torres