As mulheres submetidas à cirurgia bariátrica precisam de instruções sobre gravidez.


Muitas mulheres que fazem cirurgia bariátrica têm dúvidas quanto a questão da gravidez!

 
Rahat Khan, obstetra e ginecologista do Hospital NHS Trust, Harlow e co-autor do estudo, explicou: "Um número crescente de mulheres em idade fértil são submetidas a procedimentos de cirurgia bariátrica e precisam de informação e orientações sobre questões reprodutivas. À luz da evidência atual disponível, a gravidez após a cirurgia bariátrica é mais segura, com menos complicações, comparado com a gravidez em mulheres com obesidade mórbida. Cuidado é a chave para uma gravidez saudável para as mulheres que se submeteram à cirurgia bariátrica. Entanto, este grupo de mulheres ainda devem ser considerados de alto risco por ambos os obstetras e cirurgiões.
 
 
De acordo com a pesquisa, antes de conceber os pacientes devem buscar orientação e informação sobre temas tais como: nutrição, ganho de peso, suplementação de vitamina e controle de natalidade. Para ter o melhor resultado tanto para a mãe como para seu filho uma equipe multidisciplinar é necessária durante e após a gravidez após a cirurgia de perda de peso, incluindo: cirurgiões, médicos de cuidados primários, obstetras, anestesistas, nutricionistas, psicólogos, cirurgiões plásticos, especialistas em fertilidade e próprios pacientes.
 
 
Os médicos de cuidados primários, cirurgiões e obstetras serão cada vez mais obrigados a se concentrar em seus pacientes que têm preocupações sobre a segurança de engravidar depois de ter recebido a cirurgia de perda de peso, Khan acrescentou. Jason Waugh, da TOG Editor-in-Chief, concluiu: "Gravidez após a cirurgia bariátrica é mais segura do que a gravidez em mulheres com obesidade mórbida. Mulheres que fizeram cirurgia bariátrica geralmente toleram bem a gravidez. No entanto, há riscos envolvidos e os pacientes devem estar bem informados. Educação ideal deve ser incentivada nestes indivíduos para que eles possam tomar decisões bem informadas sobre o planejamento da gravidez após a cirurgia".
 
 
O combate à obesidade pode ser feito de várias maneiras. Dieta acompanhada por nutricionista e exercícios geralmente são a melhor opção. Porém existem outros métodos. Garcinia cambogia é uma pequena fruta que se assemelha a uma abóbora em miniatura. É originária da Índia e partes da Ásia, e um extrato do fruto de casca, e é popular entre produtos naturais para a perda de peso. O extrato é o ácido hidroxicítrico (HCA), para suprimir o apetite e aumentar a queima de gordura.
 
Henrique Torres