As Formas da Diabetes


Entenda quais as origens e como funciona a Diabetes, uma verdadeira epidemia.

As Formas da Diabetes

Outras formas de diabetes mellitus incluem diabetes congênita, que é devida a defeitos genéticos de secreção de insulina, diabetes relacionada à fibrose cística, diabetes esteróide induzida por doses elevadas de glucocorticóides, e várias formas de diabetes monogênicas.


Todas as formas de diabetes têm sido tratáveis ​​desde que a insulina se tornou disponível em 1921, e a diabetes tipo 2 pode ser controlada com medicamentos. Ambos os tipos 1 e 2 são doenças crônicas que não podem ser curadas. Transplantes de pâncreas foram tentados com sucesso limitado em pessoas com o tipo 1 de diabetes; cirurgia de bypass gástrico tem sido bem sucedida em muitos com obesidade mórbida e em pacientes do tipo 2 de diabetes mellitus. A diabetes gestacional geralmente desaparece após o parto. Diabetes sem tratamentos adequados podem causar muitas complicações. As complicações agudas incluem hipoglicemia, cetoacidose diabética, ou coma hiperosmolar não cetótica. Graves complicações em longo prazo incluem doenças cardiovasculares, insuficiência renal crônica e retinopatia diabética (lesão da retina). O tratamento adequado do diabetes é, portanto, importante, bem como o controle da pressão arterial e fatores de estilo de vida tais como a cessação do tabagismo e manter um peso corporal saudável.


Globalmente, a partir de 2012, cerca de 346 milhões de pessoas têm diabetes tipo 2.

Diabetes mellitus é classificada em quatro grandes categorias: tipo 1, tipo 2, diabetes gestacional e "outros tipos específicos".  Os “outros tipos específicos" são uma coleção de algumas dúzias de causas individuais. O termo diabetes, sem qualificação, geralmente refere-se a diabetes mellitus. A rara doença diabetes insipidus tem sintomas semelhantes como a diabetes mellitus, mas sem distúrbios no metabolismo do açúcar (insípida significa "sem gosto" em latim).

Henrique Torres