As Complicações do Câncer de Ovário


Veja quais são as principais complicações do câncer de ovário!

As Complicações do Câncer de Ovário
 
 
As principais complicações do câncer de ovário são:
 
 
1. Disseminação do câncer para outros órgãos;
2. Perda progressiva da função de vários órgãos;
3. Ascite (líquido no abdômen);
4. Obstruções intestinais.
 
 
A disseminação pode ocorrer em outras estruturas (peritoneais) abdominais, incluindo o útero, a bexiga, o intestino, o forro da parede intestinal (omento) e, menos frequentemente, para os pulmões.
 
 
Em 2010, nos Estados Unidos, se estima que 21.880 casos novos foram diagnosticados e 13.850 mulheres morreram de câncer de ovário. O risco aumenta com a idade e diminui com os números da gravidez. A taxa de incidência ajustada por idade foi de 12,8 por 100.000 mulheres por ano. Estas taxas são baseadas em casos diagnosticados em 2004-2008 de 17 áreas geográficas. Pesquisadores estão avaliando diferentes maneiras para o tratamento do câncer de ovário. Vários estudos estão em andamento, mas nenhum tem identificado uma técnica eficaz. O medicamento Gemzar é indicado para o tratamento de diversos tipos de câncer, entre eles o câncer de ovário.
 
 
Em malignidade avançada, onde a ressecção completa não é viável, o tumor é removido (cirurgia de debulking). Em casos onde este tipo de cirurgia é bem sucedido (ou seja, de < 1 cm de diâmetro do tumor é deixado para trás), o prognóstico é melhor em comparação com pacientes onde massas tumorais grandes (> 1 cm de diâmetro) são deixadas para trás. Técnicas cirúrgicas minimamente invasivas podem facilitar a remoção segura de uma grande parte (maior que 10 cm) de tumores com menos complicações da cirurgia.
 
Henrique Torres