As Causas da Criptorquidia


Veja aqui quais são as causas e os fatores de risco para o surgimento da criptorquidia.

 Causas e fatores de risco da criptorquidia
 
 
Na maioria dos meninos com criptorquidia, mas sem outras anormalidades genitais, não podem ser encontradas as causas da doença, tornando este um defeito de nascença (idiopático) comum, esporádico e inexplicável. Uma combinação da genética, da saúde materna e outros fatores ambientais podem perturbar os hormônios e causar alterações físicas que influenciam o desenvolvimento dos testículos. Bebês severamente prematuros podem ter nascido antes da descida dos testículos. Baixo peso ao nascer é também um fator conhecido como causa da criptorquidia.
 
 
A Criptorquidia está associada com a fertilidade reduzida (para alguns casos de infertilidade é recomendado o uso do medicamento Gonal).
 
 
Foi proposto um papel colaborador ambiental de produtos químicos chamados disruptores endócrinos que interferem com o equilíbrio hormonal fetal normal. A Clínica Mayo lista a "exposição dos pais a alguns pesticidas" como outro fator de risco conhecido.
 
 
Obesidade e diabetes durante a gestação também foram associados com condições de risco. (A diabetes pode ser controlada com medicamentos como o Victoza).
 
 
Um estudo de 2010, publicado no jornal médico Europeu de reprodução humana, examinou a prevalência de criptorquidia congênita entre filhos cujas mães tomaram analgésicos leves, principalmente sem receita e analgésicos incluindo ibuprofeno (por exemplo, Advil) e paracetamol ou acetaminofeno (por exemplo, Tylenol).
 
 
Combinando os resultados de uma pesquisa com mulheres grávidas antes da sua data de vencimento em correlação com a saúde de seus filhos e um modelo de rato vivo, o estudo descobriu que mulheres grávidas que haviam sido expostas a analgésicos leves tinham uma maior prevalência de meninos bebês que nascerem com criptorquidia congênita.
 
Henrique Torres