Arroz e feijão são alimentos que não devem faltar em um cardápio saudável


Conheça os benefícios desta combinação.

Apesar de já ter tido dias de maior prestígio dentro dos lares e no prato diário dos brasileiros de todas as regiões do país, o tradicional prato “arroz com feijão” continua presente na nossa alimentação. Ainda bem, pois essa dobradinha oferece uma combinação perfeita de aminoácidos complementares e por isso mesmo deve ser priorizada no nosso dia a dia. Por exemplo, o arroz é pobre em lisina, que é encontrada no feijão. Por outro lado, o arroz é rico em metionina, e o feijão não. A mistura pode inclusive fazer parte de uma dieta de emagrecimento, desde que consumida na quantidade certa. 
 
O arroz branco, em suas diferentes variedades, é o mais encontrado nas casas e restaurantes, mas a melhor forma de consumi-lo é em sua versão integral. No arroz encontramos carboidratos, vitaminas do complexo B, folato, ferro e cálcio.Cozido e temperado no ponto certo, fica delicioso para ser saboreado junto com o feijão (fradinho, preto, carioca, vermelho, entre tantos outros). E quando falamos de feijão, a tradicional feijoada às quartas e sábados é um exemplo da predileção do brasileiro por esse grão. No entanto, a inclusão de pedaços gordos de carne de porco tornam a feijoada uma receita gordurosa e, consequentemente, calórica.
 
O feijão é rico em fibras que auxiliam o bom funcionamento do trânsito intestinal e reduzem os índices de colesterol e triglicerídeos no sangue. Também é fonte de potássio, zinco, ferro, magnésio e vitaminas do complexo B, importantes para regular a pressão arterial, reforçar o sistema imunológico e prevenir anemia, entre outras funções. A lisina é importante para a saúde dos tecidos – ossos, pele, órgãos e músculos. Tal aminoácido não é produzido pelo organismo.
 
Em resumo, a alimentação considerada “trivial” é uma grande aposta alimentar. Um “arroz com feijão” bem feito, uma carne magra grelhada, legumes e verduras, e uma fruta ou salada de frutas de sobremesa. Opção prática e saudável. 
 
Por: AgComunicado