Arroz e feijão: combinação mais que perfeita para emagrecer


Isso mesmo, emagrece e é fonte natural de importantes nutrientes

Você está na luta pelo emagrecimento? Está procurando por fórmulas eficientes ou dietas do momento? E se a dieta perfeita estivesse ao seu alcance todos os dias? Isso mesmo, uma combinação bem familiar e saborosa pode te auxiliar na conquista pelo emagrecimento saudável: arroz e feijão.

Segundo nutricionistas, essa combinação equilibra importantes nutrientes, favorece a saúde e auxilia até mesmo no emagrecimento saudável.

As vitaminas proeminentes no arroz são as vitaminas do complexo B, fundamentais para o bom funcionamento do sistema nervoso, essas vitaminas previnem a irritabilidade e ansiedade. O arroz também é fonte natural de carboidratos que conferem energia ao organismo para a realização das tarefas do dia a dia. Os minerais que merecem a atenção no arroz são o cálcio e o ferro, além de um aminoácido importante conhecido como metionina.

Já o feijão concentra uma proteína conhecida como lisina, também possui importantes vitaminas com ênfase nas vitaminas do complexo B e agrega dose considerável de ferro.

Juntos esses alimentos se completam em nutrientes e aumentam no organismo a sensação de saciedade, que para aqueles que desejam emagrecer é essencial e evita a ingestão fora de hora de alimentos desnecessários na dieta.

São inúmeras as dietas de emagrecimento existentes, mas quem poderia imaginar que o arroz e o feijão, considerados por tantas pessoas como uma composição vilã da dieta, pode auxiliar no emagrecimento saudável?

A riqueza em ferro nesses alimentos ajuda a prevenir diversas doenças como a anemia. A vitamina C auxilia na absorção do ferro, por isso, ingerir algum alimento rico em vitamina C é indicado, a dica é consumir suco natural de alguma fruta cítrica no momento da refeição.

Os tipos de feijões existentes são variados e merecem ser explorados, os tipos de arroz também variam, mas o mais recomendado ainda é o arroz integral, graças à riqueza em fibras.

Dietas altamente restritivas colocam em risco a saúde e a longo prazo, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não levam ao emagrecimento.

Vale ressaltar que a quantidade desses dois alimentos na dieta diária deve ser observada, obviamente que exageros podem gerar sobrepeso. O ideal é que o prato seja composto por uma porção pequena de feijão e no máximo, duas porções pequenas de arroz, combinar alguma proteína animal é importante, um filé de frango, carne ou peixe grelhado é indicado.

Uma alimentação equilibrada em nutrientes junto a uma mudança efetiva de hábitos, como a prática assídua de atividades físicas pode levar ao emagrecimento saudável. 

Esses alimentos são fontes de nutrientes e de benefícios na dieta, a maneira como são preparados também deve ser repensada, é importante evitar o excesso de sal e óleo no momento da preparação. Se alimente bem e perca peso de maneira saudável.

Daiana Barasa