Alimentos que emagrecem


Diversos alimentos ricos em nutrientes, são capazes de estimular o corpo a evitar o acúmulo de gordura.

 
Apenas riscar algumas opções que engordam das dietas, não garantem resultados rápidos na perda de peso. Mas incluir alimentos ricos em nutrientes e vitaminas que podem evitar o acúmulo de gordura, também é a opção ideal. Essa conclusão foi revelada por anos de estudos, na qual os pesquisadores descobriram que o caminho para acumular menos calorias, não é simplesmente cortá-las do cardápio. 
 
De acordo com os pesquisadores, a busca por alimentos com baixas calorias não basta. Pois dezenas de pesquisas demonstram que muitos alimentos ajudam na perda de peso, não somente por ter poucas calorias, mas por apresentarem nutrientes específicos que impedem o depósito de gordura no organismo e ajudam a prevenir o ganho de peso. 
 
A substância extraída das algas marinhas, o alginato é um exemplo de substituição à gordura. Segundo o coordenador de um estudo sobre as algas, o alginato é uma fibra que retarda a absorção de nutrientes pelo intestino e de acordo com o levantamento dos resultados da pesquisa, essa fibra pode evitar que cerca de, 85% da gordura ingerida, seja absorvida.
 
Existem muitos estudos e pesquisas em andamento nesse campo, mas já existem alimentos industrializados criados para interferir nos sinais de saciedade. Como a emulsão de água e óleos de palma de aveia, fabricada por uma empresa holandesa, que possui uma substância capaz de retardar a digestão, de forma que ao chegar no intestino, um sinal de saciedade é enviado ao cérebro. No Brasil, especialistas orientam adicionar essa mistura a sopas e sucos.
 
Outra opção que também se encontra disponível no mercado são as fibras do tipo inulina, que podem ser encontradas na chicória e que são capazes de prolongar a permanência dos alimentos no estômago e no intestino. Sem contar as diversas alternativas de grãos integrais que além de proporcionarem sensação de saciedade, melhoram o processo digestivo. 
 
No grupo dos alimentos que ajudam a emagrecer, encontramos também aqueles cuja digestão, resulta na liberação mais lenta de glicose no sangue. O açúcar é um dos combustíveis que nosso organismo necessita para o seu bom funcionamento, mas o seu excesso pode causar a acúmulo de peso e levar a diabetes. E para evitar que a glicose dificulte a queima de calorias, o mais indicado é consumir alimentos com baixos índices glicêmicos, como ameixas, kiwi ou damasco. Com acessibilidade a tantas opções de alimentos, o mais indicado é utilizar o bom-senso para equilibrar a dieta e emagrecer.