Alimentação pode reduzir os sintomas da menopausa


Conheça os alimentos que ajudam a amenizar o desconforto deste período

 

Ondas de calor, lapsos de memória, mal estar, oscilações de humor, insônia e dores de cabeça são os sintomas durante a menopausa. Para reduzi-los, algumas mulheres recorrem a tratamentos hormonais e medicamentos alopáticos. Mas além desses métodos, existem formas mais fáceis (e agradáveis) de amenizar este problema. Mudar os hábitos alimentares é um deles. 
 
Os níveis de estrogênio e progesterona – hormônios femininos – são reduzidos durante a menopausa e por isso, há oscilações de humor. O certo é que as mulheres não esperem até a meia-idade para essa mudança de hábitos. Aos 30 anos, estamos na a idade ideal para começar a priorizar alimentos que ajudam no equilíbrio hormonal. 
 
Na menopausa, as mulheres ficam com os nervos à flor da pele, ou seja, ficam mais sensíveis que o normal. Por conta disto, é comum haver problemas de ansiedade, irritabilidade e depressão. Para evitá-los, é indicado o consumo de pães, massas e cereais integrais, banana, abacate, verduras de folhagem verde-escuro, carne branca, óleos de nozes e de sementes, chocolate amargo e erva-cidreira (em forma de chá ou acrescentada em preparações). 
 
Os alimentos ricos em lignana e ômega-3 previnem as doenças cardíacas, amenizam as indesejáveis ondas de calor e também mantém o bom funcionamento intestinal. São eles: aveia, arroz integral, linhaça, brócolis, derivados de soja (pão, por exemplo) e sementes de girassol e gergelim. 
 
Outro nutriente que não pode faltar neste cardápio é o cálcio. Ele é importante em todas as idades, mas deve ganhar uma atenção especial na menopausa por conta da predisposição à osteoporose. O magnésio e a vitamina ajudam nesta causa, ajudando a manter o equilíbrio hormonal. Acrescente em sua dieta leite e seus derivados, soja e seus derivados, sucos naturais (em especial o de laranja e outras frutas cítricas) e levedura de cerveja. 
 
Por: AgComunicado