Alguns Antidepressivos Podem Causar Problemas do Ritmo Cardíaco


Veja os efeitos de certos medicamentos nas anormalidades de ritmo do coração.

Alguns Antidepressivos Podem Causar Problemas do Ritmo Cardíaco
 
 
Alguns tipos de antidepressivos ISRS (inibidores de receptação de serotonina) estão associados a um intervalo de QT longo, relataram os pesquisadores do Hospital Geral de Massachusetts, em Boston, no BMJ (British Medical Journal). O intervalo QT é a duração da atividade elétrica do músculo do coração. Um intervalo QT longo é um marcador de anormalidades de ritmo do coração.
 
 
Os pesquisadores dizem que suas descobertas corroboram os avisos feitos pelo FDA (Food and Drug Administration) sobre o medicamento citalopram (Celexa). Eles acrescentam que outros antidepressivos podem ter efeitos semelhantes. 
 
 
O intervalo QT correto é tipicamente menor de 420 milissegundos para homens e mulheres. Um valor de QT que é superior a 420 milissegundos está ligado a um maior risco de anormalidades de ritmo cardíacas graves. Os cientistas dos Estados Unidos determinaram que os avisos do FDA (Food and Drug Administration) poderiam ser apoiados com um estudo de uma grande e diversificada população clínica.
 
 
Eles monitoraram os registros eletrônicos de saúde de 38.397 adultos de um grande sistema de saúde da Nova Inglaterra. Todos os pacientes tinham passado por um eletrocardiograma (ECG) depois de tomar um antidepressivos entre fevereiro de 1990 e agosto de 2011. Eles levaram em conta vários fatores de risco que podem afetar seus resultados, incluindo o sexo do paciente, a raça, a idade, o histórico de depressão, históricos de ataque cardíaco, de hipertensão, problemas do ritmo cardíaco e condições pré-existentes. Eles incluíram metadona em seu estudo, porque muitas vezes ela tem sido associada com um maior intervalo QT.
 
 
 
Henrique Torres