Acabe com a apneia do sono - naturalmente!


A apneia do sono é uma síndrome extremamente desconfortável em que um indivíduo é incapaz de respirar de forma eficaz à noite enquanto dorme.

 
 
A apneia do sono é uma síndrome extremamente desconfortável em que um indivíduo é incapaz de respirar de forma eficaz à noite enquanto dorme. Esta condição não só prejudica a qualidade de vida de um indivíduo, mas aumenta significativamente o risco de doença cardiovascular também. É possível acabar com a apneia do sono com intervenções de estilo de vida naturais. Veja!
 
 
A apneia do sono ocorre quando o ar não é suficientemente capaz de entrar através do trato respiratório, criando hábitos irregulares de respiração durante o sono. A apneia do sono central refere-se a uma falta de esforço respiratório, já a apneia obstrutiva do sono acontece quando há uma obstrução física nos padrões de respiração normal, apesar dos esforços regulares.
 
 
A apneia do sono é caracterizada por ronco, engasgos durante o sono e também por níveis de oxigênio em queda durante o sono. Os indivíduos não são capazes de obter um sono profundo e acordam grogues e cansados. As pessoas que sofrem de apneia do sono ficam muitas vezes sonolentas durante o dia, porque nunca conseguem o repouso adequado.
 
 
A apneia do sono é uma condição perigosa! A maioria das pessoas com apneia do sono tem excesso de peso, no entanto, até 25% são ou de peso normal ou mesmo abaixo do peso. Para alguns, a perda de peso é um componente crítico para a obtenção, mas todos os indivíduos com este transtorno devem trabalhar para melhorar a sua postura, mudando os hábitos e dieta. 
 
 
A apneia do sono não tratada não só destrói a sua qualidade de vida, mas também leva a um risco muito maior de acidente vascular cerebral, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca, arritmia cardíaca e ataque cardíaco. Por isso é importante consultar um médico e verificar os tratamentos adequados. Alérgenos e intolerâncias alimentares podem causar um processo inflamatório que leva à apneia obstrutiva do sono. Remover os alérgenos alimentares mais comuns, incluindo cereais que contêm glúten, leite pasteurizado, produtos de soja, milho e amendoim, é essencial.
 
 
A dieta ideal deve se concentrar em boas gorduras como fonte primária de calorias na forma de coco, abacate, azeite de oliva, nozes e sementes germinadas. Proteína animal limpa, na forma de carne alimentada com capim e bisões, peixes selvagens e aves orgânicas devem ser consumidos regularmente. 
Henrique Torres