Abandone maus hábitos no período da gestação


O que comer e o que evitar, senão abolir da dieta?

A gravidez é um período mágico para a mulher e requer cuidados especiais, principalmente no que se refere à alimentação. O indicado nessa fase não é comer tudo o que se quer ou comer por dois, como durante muito tempo foi bordão entre gerações de mulheres.

É importante para a saúde da gestante e para a saúde do bebê, que a alimentação seja equilibrada, manter o peso adequado no período da gravidez é sinônimo de saúde e bem-estar.

Com certeza a fome mais intensa que muitas mulheres sentem nessa fase é decorrente das diversas alterações hormonais, mas vale lembrar que os desejos que surgem inesperadamente em sua maioria são frutos da mente e que sim, é importante controlar a alimentação e o ganho de peso na gestação.

É de extrema importância que um nutricionista seja consultado para orientar uma dieta em específico, alimentos gordurosos, frituras, alimentos ricos em açúcares etc., as consideradas “calorias vazias” devem ser evitadas.

É fundamental realizar de 5 a 6 refeições ao dia, lembrando que devem ser pequenas porções equilibradas em nutrientes.

Muitas mulheres antes da gravidez têm hábitos descuidados em relação à alimentação, a gestação pode ser importante para uma reeducação na dieta.

Evite as gorduras nas preparações dos alimentos, utilize azeite extravirgem e versões mais saudáveis como óleo de girassol ou canola. 

Muito cuidado com o sal, aliás, evite ao máximo o consumo do nocivo sódio, naturalmente a gravidez leva à retenção de líquidos, e o sal pode piorar esse quadro. Evite os alimentos industrializados que costumam ser ricos em sódio e em conservantes.

Muito cuidado com os doces, substitua guloseimas e sobremesas por frutas, por exemplo.

Beba muita água entre as refeições, de 2 a 4 litros por dia, mas não ingira líquidos durante a alimentação, isso por que o processo digestivo é prejudicado.

De acordo com o estado de saúde e se houver o aval do médico, procure realizar atividades físicas moderadas, uma simples caminhada beneficia e muito a saúde da mãe e da criança.

As verduras de folhas verde escuras são ricas em ferro, consuma com frequência na dieta, lembrando que a vitamina C aumenta o poder de absorção de ferro no organismo, por isso, tempere as saladas com limão.

Procure mastigar devagar para que o processo digestivo seja o mais perfeito possível. Evite se deitar logo após a alimentação, esse hábito prejudica a digestão e favorece o ganho de sobrepeso.

Inclua na dieta grãos integrais, podem ser consumidos por meio de saladas, são ricos em fibras e favorecem a boa circulação sanguínea. Aliás, é fundamental consumir frutas, verduras e legumes que são ricos em fibras e que favorecem o bom funcionamento intestinal, além de prevenir gases intestinais, muito comuns no período da gestação.

 

 

 

Daiana Barasa