A Questão Social e o Déficit de Atenção


Saiba o que são o Déficit de Atenção e a Hiperatidade e conheça seus potenciais efeitos sobre a saúde.

A questão social para os que possuem déficit de atenção e hiperatividade

 

A Organização Mundial de Saúde afirma que o diagnóstico de déficit de atenção e hiperatividade pode representar disfunção familiar ou inadequações no sistema educacional, em vez de psicopatologia individual. Outros pesquisadores acreditam que as relações com os cuidadores têm um efeito profundo sobre a capacidade de atenção e auto regulação. Um estudo de filhos adotivos descobriu que um grande número deles tinham sintomas que se assemelham muito déficit de atenção e hiperatividade.

 

Os pesquisadores descobriram um comportamento típico de déficit de atenção e hiperatividade em crianças que sofreram violência e abuso emocional. Além disso, estresse Pós-Traumático pode resultar em problemas de atenção que pode ser visto como déficit de atenção e hiperatividade. Déficit de atenção e hiperatividade é também relacionado com a disfunção de integração sensorial.

 

Um artigo de 2010 pela CNN sugere que há um risco maior para as crianças adotadas internacionalmente desenvolverem transtornos mentais, tais como déficit de atenção e hiperatividade. O risco pode estar relacionado com o tempo que as crianças permaneceram em um orfanato, especialmente se que foram negligenciadas ou abusadas. Muitas dessas famílias que adotaram as crianças afetadas se sentem oprimidas e frustradas, pois a criação de seus filhos pode implicar mais responsabilidades do que o inicialmente previsto. As agências de adoção podem estar cientes da história comportamental da criança, mas decidir reter a informação antes da adopção. Este por sua vez, resulta em alguns pais processando as agências de adoção, no abuso de crianças, e até mesmo no abandono da criança.

Henrique Torres