A música, o corpo e a mente


Ouvir músicas ou tocar instrumentos musicais é altamente benéfico à saúde

Ouvir músicas ou tocar instrumentos musicais é altamente benéfico à saúde

Há o famoso ditado popular: “Quem canta seus males espanta”, mas segundo estudos realizados, não só cantar, mas tocar instrumentos musicais também beneficia a saúde, ou seja, a música em seu âmbito geral é importante para o bem-estar do corpo e da mente.
 
A música é capaz de melhorar a pressão arterial, de melhorar a qualidade do sono e aliviar o estresse.
 
Alguns estudos já comprovaram que tocar algum instrumento pode até mesmo desenvolver o QI (Quociente de Inteligência), com ênfase nos instrumentos de sopro (saxofone, cornetas, clarinetas, trombone, flauta, entre outros), que também beneficiam a saúde respiratória por melhorar a capacidade pulmonar.
 
Ouvir música além de estimular a calma e o relaxamento, pode aliviar dores, aumentar a capacidade da memória e auxiliar na melhora do desempenho na prática de atividades físicas.
 
A música é capaz de ativar uma região no cérebro responsável pela sensação de prazer, a mesma área estimulada com a ingestão de chocolate e com a atividade sexual, ajuda a liberar o neurotransmissor conhecido como dopamina que provoca a sensação de bem-estar. Devido a essa capacidade, a música tem sido utilizada na medicina como tratamento de diversos problemas e até mesmo por preparadores físicos como estímulo para uma vida saudável.
 
A música é natural, nasce dos ritmos, grandes músicos clássicos tinham como referência para suas composições musicais os sons da natureza. Por nascer dos ritmos, a música auxilia na prática de atividades físicas.
 
Ouvir música é capaz de acalmar e de aliviar o estresse, experimente em um dia de muito estresse e pressão, parar um pouco e ouvir um pouco de música e verá o quão benéfico pode ser.
 
A música pode melhorar a comunicação, isso porque ajuda a organizar as ideias. 
 
Quando uma mãe canta para o filho, antes mesmo de seu nascimento, o bebê memoriza a voz da mãe, desta forma, os vínculos são fortalecidos.
 
Quando alguém canta, muda o foco de atenção, por isso a música é capaz de amenizar a dor. 
 
Por estimular conexões cerebrais, é capaz de melhorar a capacidade da memória.
 
E talvez o mais encantador dos benefícios, a música ajuda no autoconhecimento, isso porque quando alguém ouve música, literalmente é capaz de viajar dentro de si mesmo, desta forma, descobre sensações, emoções e sentimentos dentro de si, quando alguém ouve música imagina situações, pode vivenciar um mundo próprio, capaz de servir como refúgio.
 
Pesquisas científicas já foram realizadas em torno dos benefícios que as composições de Mozart trazem à saúde.  Acredita-se que as obras do músico podem beneficiar a cura de diversos males, até da complexa epilepsia, além de melhorar a capacidade matemática e visual.
 
Nada melhor do que praticar para entender sobre os reais benefícios da música sobre a saúde do corpo e da mente. Que tal ouvir sua música preferida ou experimentar ouvir alguma composição de Mozart? Experimente.
 
Daiana Barasa