A Definição da Infertilidade


Veja aqui como é definida a infertilidade e o que a caracteriza.

Definição da Infertilidade


Definições de infertilidade diferem, com uma definição demográfica que tende a definir infertilidade como esterilidade em uma população de mulheres em idade reprodutiva, enquanto também existe a definição epidemiológica que se baseia na tentativa de "para" ou "tempo" para uma gravidez, geralmente em uma população de mulheres expostas a uma probabilidade de concepção. O tempo que necessita para um casal ser diagnosticado com infertilidade é diferente, pois se é levado em conta diversos fatores. A infertilidade é um problema que pode receber vários tratamentos, inclusive por meio de remédios como o Gonal.


Nas definições existentes da infertilidade existe o problema de falta de uniformidade, tornando as comparações na prevalência entre países ou ao longo do tempo problemáticas, e, portanto, estimar a prevalência de infertilidade citada por diversas fontes de dados diferem significativamente. Um casal que tentou sem sucesso ter um filho após um determinado período de tempo às vezes é dito ser subfértil, que significa menos férteis do que um típico casal. Infertilidade e subfertilidade são definidas como a incapacidade de conceber após um determinado período de tempo (cujo comprimento varia).


A Organização Mundial da saúde (OMS) define a infertilidade como o seguinte: "A infertilidade é a incapacidade de conceber uma criança. Um casal pode ser considerado infértil se, após dois anos de regulares relações sexuais, sem contracepção, a mulher não ficou grávida (e não há nenhuma outra razão, como a amamentação ou amenorreia pós-parto). Infertilidade primária é a infertilidade de um casal que nunca teve um filho. Infertilidade secundária é a incapacidade de engravidar após uma gravidez anterior. Infertilidade pode ser causada por infecção no homem ou na mulher, mas muitas vezes não há nenhuma causa óbvia”.
 
Henrique Torres