A Comparação entre Medicamentos para a Diabetes


Entenda quais são os medicamentos indicados para cada caso de diabetes.

O especialista Dr. McGuire explicou: "pacientes que tomam metformina tinham os melhores resultados, apoiando prévia evidência de benefício de metformina e tornando a droga de primeira linha recomendada para quase todos os pacientes com diabetes tipo dois. Comparadas com esta droga benéfica, a maioria dos medicamentos ISs foram associados com os piores resultados, mas eles quase certamente seriam semelhantes, ou melhores, se tinha-se sido feita a comparação contra o tratamento placebo, com o benefício adicional no rim, olho e doença do nervo. Pacientes não devem parar seus medicamentos com base neste estudo, mas certamente devem discutir quaisquer preocupações com o médico".


Ele acrescentou: "É importante lembrar que estas análises são observacionais e as comparações não são aleatorizadas, então é impossível destrinchar se qualquer diferença de resultados é devido as drogas comparados versus diferenças nos pacientes entre aqueles que tomam os medicamentos de Iss e se estes podem ter um risco aumentado de surgimento destas doenças".


A Dra. Schramm e seus colegas dizem que os mecanismos subjacentes e os efeitos diferentes de medicamentos ISs e metformina não são totalmente compreendidos e exigem mais investigação. Ela concluiu: "nosso estudo oferece suporte a estudos anteriores, demonstrando que a metformina pode ser mais benéfica do que medicamentos ISs mais ou menos perigosos. Isto sugere que a metformina deve ser a primeira droga de escolha para tratamento de diabetes tipo dois na maioria dos pacientes. O estudo mostra que há diferenças importantes no risco associado com medicamentos ISs diferentes, sugerindo que gliclazida e talvez a repaglinida são preferíveis, embora em pacientes que tiveram um infarto anterior, os agentes mais benéficos são a Metformina e a gliclazida. Como conclusão de nossos resultados é importante agora que haja estudos aleatórios com foco em pacientes de baixo e alto risco cardiovascular."
 
 
É preciso sempre lembrar que a diabetes pode ser tratada também com medicamentos como o Victoza.
Henrique Torres