Temperos naturais para substituir o sal


O excesso de sódio na alimentação pode trazer diversos malefícios à saúde

O sal é o tempero mais utilizado em todo o mundo. Ele ajuda a realçar o sabor dos alimentos, além de facilitar  a conservação, mas, se consumido em excesso, pode ser extremamente prejudicial à saúde, podendo causar hipertensão arterial (pressão alta) e comprometer o funcionamento dos rins.

A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é o consumo diário de até 2.400 mg de sódio, o equivalente a uma colher (chá) de sal. Contudo, pesquisas apontam que no Brasil o consumo de sódio chega a ultrapassar o dobro do recomendado pela OMS.

É importante lembrar que o sódio está presente em diversos alimentos, principalmente os industrializados, não somente no sal de cozinha. Dessa forma, é importante estar atento ao rótulo dos alimentos.

Uma alternativa para reduzir o sódio da alimentação é o uso de temperos naturais, que além de acrescentar mais sabor ao alimento, também possuem diversos nutrientes importantes para a saúde, como vitaminas, minerais e fibras.

Conheça alguns temperos naturais, que combinam com diversas receitas e podem facilmente substituir o sal de cozinha:

Alho: possui diversas propriedades medicinais, sendo utilizado como medicamento para tratar problemas do sistema respiratório. O alho é um excelente hipotensor e vasodilatador, sendo um aliado da saúde do coração. Esse tempero também estimula funções respiratórias, reduz a taxa de colesterol total e triglicerídeo no sangue e elimina toxinas e bactérias patogênicas.

Cebola: além de realçar o sabor dos alimentos, a cebola melhora a circulação sanguínea, auxilia o controle do colesterol e da pressão arterial.

Gengibre: a raiz possui um sabor característico que pode enriquecer qualquer refeição. O gengibre é um estimulante da circulação geral e cardiovascular, além de possuir excelente ação termogênica, que aumenta o metabolismo e favorece o gasto calórico. O gengibre também possui ação digestiva, diurética, antitrombótica, antidepressiva e antisséptica.

Pimenta: conhecida por seu sabor picante, a pimenta possui substâncias que favorecem a circulação sanguínea, reduzem o colesterol no sangue e melhoram o sistema imunológico. Sua ação também auxilia a digestão e favorece o gasto calórico, devido a sua propriedade termogênica.

Limão: A fruta é conhecida por aumentar as defesas do organismo, prevenindo gripes e resfriados. Além disso, o limão favorece a digestão e auxilia no controle da pressão arterial. 

Coentro: Além do sabor marcante, o coentro é fonte de magnésio e vitaminas A, C e do complexo B, sendo benéfico para o bom funcionamento do sistema nervoso central e fortalecimento dos ossos.

Hortelã: Possui sabor refrescante e aroma agradável e combina com diversos alimentos. Esse tempero natural possui ação analgésica, estimulante, antioxidante, digestiva e expectorante.

Manjericão: Melhora o fluxo sanguíneo, prevenindo a hipertensão arterial. A erva também possui ação antioxidante e anti-inflamatória. 

Alecrim: Apresenta ação antioxidante, anti-inflamatória e antibacteriana. A erva também tua no sistema digestório, aumentando a produção de enzimas digestivas.

Vanessa Ferreira