Tasigna - Tratamento da Leucemia


O Tasigna medicamento previne a evolução e proliferação do câncer, além de causar menos efeitos colaterais que outros medicamentos anticancerígenos

Tasigna 200mg é composto pela substância ativa chamada nilotinib, um anticancerígeno, que faz parte de uma nova medida terapêutica conhecida como Terapia-alvo, que visa destruir partes específicas da célula cancerosa, sem afetar as células saudáveis. O medicamento Tasigna é indicado para o tratamento de pacientes adultos com leucemia mieloide crônica (LMC) cromossomo Philadelphia positivo.

Tasigna – Leucemia:

A Leucemia mieloide é um câncer das células brancas do sangue, que causa uma produção descontrolada de glóbulos brancos anormais. Os glóbulos brancos, ou leucócitos, são responsáveis pela defesa do organismo contra agentes externos.

Essa complicação é ocasionada por uma proteína presente nas células cancerosas chamada tirosina quinase (BCR-ABL), produzida pelo cromossomo Philadelphia (nome da cidade na qual foi descrita pela primeira vez). O Tasigna medicamento atua diretamente sobre a proteína, inibindo a produção de células leucêmicas. Essa ação previne a evolução e proliferação do câncer, além de causar menos efeitos colaterais que outros medicamentos anticancerígenos.

A leucemia mieloide crônica pode causar alguns sintomas como a sensação de cansaço constante, fadiga, sudorese noturna, perda de peso, febre, dores ósseas, entre outros sintomas. Naturalmente, esses sintomas são causados por diversas doenças, o que dificulta o diagnóstico precoce. Portanto, é de extrema importância a realização de exames sanguíneos de rotina, que podem identificar mudanças nas células sanguíneas.

Tasigna indicações:

Tasigna é especialmente indicado para pacientes com LMC recém-diagnosticada ou em pacientes que sofreram intolerância a tratamentos anteriores com outros medicamentos. Durante o tratamento, o médico deve realizar testes sanguíneos regulares, que irão demostrar a aceitação do medicamento e monitorar a quantidade de células sanguíneas como glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas.

Tasigna Bula:

O uso de Tasigna é contraindicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade à substância ativa ou a qualquer um dos excipientes presentes em sua formulação. Mulheres em fase de lactação ou durante a gravidez devem utilizar o medicamento com cautela e com acompanhamento médico.

Tasigna efeitos colaterais:

O uso de medicamento Tasigna pode causar alguns efeitos colaterais como anemia, náusea, constipação, diarreia, vômito, dor de cabeça, fadiga, dor muscular, urticária, queda de cabelo e redução de células sanguíneas. É importante informar ao médico sobre qualquer reação adversa que sinta durante o tratamento. A comunicação entre médico e paciente é essencial para o sucesso do tratamento.

Consulte o seu médico regularmente e se informe sobre todas as etapas do tratamento. É importante seguir as orientações médicas e ler atentamente a bula do medicamento Tasigna.

Vanessa Ferreira