Tasigna o que é?


O medicamento Tasigna age diretamente sobre as células leucêmicas, poupando as saudáveis

Tasigna é um medicamento de uso oral composto pelo princípio ativo cloridrato de nilotinibe monoidratado, substância indicada para auxiliar no tratamento de pacientes adultos portadores de leucemia mieloide crônica. O medicamento Tasigna age diretamente sobre as células leucêmicas, poupando as saudáveis, o que reduz os efeitos colaterais e aumenta as chances de cura.

O uso de Tasigna nilotinibe é recomendado em quadros avançados (acelerados) ou crônicos da LMC em pacientes que não respondem a outros tratamentos como o imatinibe (GLivec), que geralmente é a primeira escolha de tratamento para a LMC. A substância nilotinibe inibe a proliferação e induz a morte em linhagens de células leucêmicas.
 
Leucemia mieloide crônica o que é?

A leucemia mieloide crônica é uma doença da medula óssea, que acomete as células sanguíneas. A maioria dos sintomas da LMC está relacionada à diminuição da produção de células sanguíneas, que ocorre quando as células leucêmicas assumem o lugar das células normais na medula óssea, podendo causar: anemia, leucopenia, neutropenia e trombocitopenia. Se os sinais e sintomas indicarem a leucemia, o médico solicitará uma biópsia para confirmar o diagnóstico. Se for diagnosticado o tratamento deve ser iniciado imediatamente.

O uso do medicamento Tasigna é contraindicado para pacientes que apresentam hipersensibilidade à substância ativa cloridrato de nilotinibe ou a qualquer um dos componentes presentes em sua formulação. Informe ao seu médico se estiver fazendo uso de outros medicamentos.

Para que o tratamento seja realizado adequadamente, somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para cada caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. É extremamente importante seguir sempre à risca as orientações do seu médico e nunca se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Vanessa Ferreira