Tasigna e seus benefícios contra a Leucemia


A substância nilotinibe é indicada principalmente em pacientes que não responderam a outros tratamentos como o Glivec (imatinib)

Atualmente, existem formas de tratamento avançadas para a leucemia, que resultam em menor incidência de efeitos colaterais e menor tempo de tratamento. O uso do medicamento Tasigna é uma excelente opção para tratar a leucemia de forma que seja menos agressiva ao paciente, além de trazer resultados satisfatórios em retardar a progressão da doença.

O Tasigna medicamento possui em sua fórmula o princípio ativo cloridrato de nilotinibe monoidratado, uma substância indicada para auxiliar o tratamento de pacientes adultos portadores de leucemia mieloide crônica (LMC), principalmente em quadros avançados (acelerados) ou crônicos. A substância nilotinibe é indicada principalmente em pacientes que não responderam a outros tratamentos como o Glivec (imatinib), que geralmente é indicado em primeira escolha.

Leucemia mieloide crônica o que é?

A leucemia mieloide crônica é uma doença da medula óssea, que acomete as células sanguíneas. A maioria das pessoas com leucemia mieloide crônica não apresentam sintomas no momento do diagnóstico.

Boa parte dos casos da LMC está relacionada à diminuição da produção de células sanguíneas normais da medula óssea, que ocorre quando as células leucêmicas assumem o lugar das células normais, o que pode dificultar um diagnóstico precoce. Isso reforça a importância de exames de sangue preventivos (hemograma), que podem identificar sinais da leucemia e outras doenças. Se os sinais e sintomas indicarem a leucemia, o médico solicitará uma biópsia para confirmar o diagnóstico. Se for diagnosticado o tratamento deve ser iniciado imediatamente.

Após o diagnóstico positivo é importante conversar com o seu médico sobre a melhor forma de tratamento para o seu caso específico, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. É extremamente importante seguir sempre à risca as orientações do seu médico.

Vanessa Ferreira