Febre Chikungunya o que é?


A doença é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que também é transmissor da dengue e Zika Vírus

Febre Chikungunya é uma doença muito semelhante a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae. A transmissão é feita pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado e, menos comumente, pelo mosquito Aedes albopictus. O mosquito Aedes aegypti também é transmissor da dengue e Zika Vírus.

A febre chikungunya teve seu vírus isolado pela primeira vez em 1950, na Tanzânia e recebeu esse nome chikungunya, que significa “aqueles que se dobram”, termo usado para designar aqueles que sofriam com o mal. A febre chikugunya não é transmitida de pessoa para pessoa. O contágio se dá através do mosquito que, após um período de sete dias contados depois de picar alguém contaminado, pode transportar o vírus CHIKV durante toda a sua vida.

O mosquito Aedes aegypti mede menos de um centímetro, tem aparência inofensiva, cor café ou preta e listras brancas no corpo e nas pernas, geralmente, costuma picar, transmitindo a Febre chikungunya, nas primeiras horas da manhã e nas últimas da tarde, evitando o sol forte. O indivíduo não percebe o momento da picada, pois não dói e nem coça.

Febre Chikungunya sintomas:

O período de incubação do vírus da Febre chikungunya varia de 2 a 12 dias. No entanto, muitas pessoas infectadas com CHIKV não apresentam sintomas. O quadro clínico é muito semelhante ao da dengue, e os sintomas de febre chikungunya podem incluir:

- Dor nas articulações;

- Dor de cabeça;

- Fadiga;

- Náuseas;

- Vômitos;

- Febre alta;

- Mialgias;

- Dor nas costas;

- Erupções cutâneas.

Não há um tratamento específico para a febre chikungunya, porém, é importante tomar muito líquido para não desidratar e seguir todas as orientações recomendadas pelo médico. É importante ressaltar que ao persistir qualquer sintoma deve-se procurar imediatamente o médico e seguir o tratamento corretamente.

Vanessa Ferreira