Estágios do câncer de mama


Para que seja determinada a melhor estratégia de tratamento do câncer de mama, é avaliado o estadiamento do câncer, ou seja, o quanto se espalhou pelo corpo.

Estágios do câncer de mama


Para que seja determinada a melhor estratégia de tratamento do câncer de mama, é avaliado o estadiamento do câncer, ou seja, o quanto se espalhou pelo corpo.O estadiamento é dividido em 5 etapas:

Estádio 0: quando a doença esta restrita ao local onde começou (carcinoma in situ);
Estádio 1: a doença invadiu a região local, mas possui no máximo 2cm de tamanho (carcinoma invasivo);
Estádio 2: a doença invadiu a região local, mas possui entre 2 e 5cm de tamanho (carcinoma invasivo);
Estádio 3: a doença invadiu a região local, mas possui tamanho maior que 5cm (carcinoma invasivo);
Estádio 4: quando a doença invadiu outras partes do corpo como: ossos, pulmões, fígado, etc.

Tratamento do câncer de mama:

O câncer de mama é a primeira causa de morte, por câncer, entre as mulheres, representando mais de mais de 80 % dos casos. Na maioria desses casos, o carcinoma só foi diagnosticado em estágio avançado, no qual há uma menor chance de cura. Dessa forma, é de extrema importância realizar exames preventivos, principalmente para pacientes que fazem parte de grupo de risco. 

Primeiramente é feito um rastreamento por meio do exame clínico da mama, que deve ser realizado anualmente por todas as mulheres a partir de 40 anos de idade. O procedimento, ainda deve ser realizado em todas as consultas clínicas, independente da faixa etária. Além disso, a partir dos 35 anos, a mulher deve fazer o rastreamento anual por mamografia. 

Após o diagnóstico e avaliação do estadiamento do câncer de mama, é determinada a melhor estratégia de tratamento, que deve ser informada ao paciente, com todos os riscos e efeitos colaterais que o paciente pode apresentar. 

Dentre os tratamentos disponíveis para o câncer de mama, os mais comuns são: quimioterapia (uso de medicamentos para destruir as células cancerígenas), radioterapia (radiação), hormonoterapia (medicação que bloqueia a ação dos hormônios femininos), cirurgia (remoção do tumor) ou mastectomia (retirada da mama). Na hormonioterapia, o medicamento mais indicado é o Tamoxifeno, que age impedindo a ligação do estrógeno em células cancerígenas, inibindo o crescimento das células anormais.

Tamoxifeno para que serve?

O principio ativo do medicamento Tamoxifeno é o Citrato detamoxifeno, sendo indicado em terapia hormonal para o tratamento do câncer de mama em estágios iniciais ou avançadoscom RE positivo e em mulheres na pré ou pós-menopausa. Além disso, Tamoxifeno é bom para a redução da incidência de câncer de mama em mulheres com alto risco de desenvolvimento da doença.

Tamoxifeno Bula:

Conforme a bula do medicamento Tamoxifeno pacientes que apresentam hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula, mulheres grávidas ou em período de amamentação não devem fazer uso desse medicamento. 

O uso do fármaco Tamoxifeno pode causar algumas reações adversas relacionadas ao efeito antiestrogênico como, náuseas, vômito e ondas de calor. Além disso, podem ocorrer alguns efeitos esporádicos como irregularidades menstruais, sangramento vaginal, prurido, coceira e retenção de líquido. Informe o seu médico sobre qualquer reação adversa que venha a sentir após a administração do medicamento Tamoxifeno. 

Tamoxifeno como tomar?

O uso do Tamoxifeno medicamento deve ser adequado às necessidades e condições de cada paciente. Dessa forma, é de extrema importância consultar o seu médico para esclarecer todas as dúvidas quanto à administração, posologia e reações adversas que o Tamoxifeno pode causar. 

Vanessa Ferreira