Bem Vindo a Sare Drogarias

Televendas

(11) 2021-6464

NILPERIDOL C/50 AMPOLAS 2ML

Fabricante: Cristália

Código do Produto: SKUP7458

De R$ 686,94 Por R$ 643,21

R$ 611,05 no pagamento à vista.

ou em até 12x R$ 53,60 s/ juros.

Simular
bandeiras de cartões

DESCRIÇÃO DO PRODUTO

Nilperidol

Laboratório de Nilperidol

Cristalia

Apresentação de Nilperidol

Nilperidol é apresentado em cx. c/ 50 amp. c/ 2 ml Cart. c/ 1 fr.-ampola c/ 10 ml Cada ml de sol. inj. contém: Nilperidol - Citrato de Fentanila 0,0785 mg (equivalente a 0,05 mg de Fentanila Base) Nilperidol - Droperidol 2,5 mg

Informações sobre Nilperidol

Nilperidol apresenta a associação de um analgésico narcótico, Nilperidol - Citrato de Fentanila, e um neuroléptico, o Nilperidol - Droperidol. O efeito combinado, algumas vezes denominado de neuroleptoanalgesia, é caracterizado pum estado de absoluta tranqüilização, redução da atividade motora e analgesia profunda. Geralmente não ocorre perda total da consciência isoladamente. A incidência de vômitos e dno pós-operatório imediato, pode ser reduzida. O Nilperidol - Citrato de Fentanila é um analgésico narcótico utilizado na indução e na manutenção da anestesia, produzindo intensa analgesia e com ações qualitativas similares às da morfina e Nilperidol - meperidina. Na dose de 0,1 mg (2,0 ml) é aproximadamente equivalente em atividade analgésica a 10 mg de morfina ou 75 mg de Nilperidol - meperidina. A duração do efeito analgésico é de 30 a 60 minutos após dose única I. V. de até 0,1 mg. Já na administração intramuscular, o início de ação é de 7 a 8 minutos, e a duração de ação é de 1 a 2 horas. O Nilperidol - Droperidol é um neuroléptico do grupo das butirofenonas com potente ação tranqüilizante e sedativa. Produz acentuado efeito antiemético, exerce ação bloqueadora adrenérgica com dilatação vular periférica e também reduz o efeito pressórico da epinefrina. O início da ação é de 3 a 10 minutos após a administração intravenosa ou intramuscular. A duração do efeito tranqüilizante e sedativo é geralmente de 2 a 4 horas.

Indicações de Nilperidol

Nilperidol é indicado para produzir analgesia e tranqüilização em processos cirúrgicos e em procedimentos diagnósticos, podendo ser utilizado em neuroleptoanalgesia com a finalidade de proporcionar proteção neurovegetativa e cardiocirculatória em qualquer tipo de intervenção cirúrgica, qualquer que seja a condição física do paciente. Nilperidol pode, também, ser utilizado na pré-medicação, na indução em anestesia geral associada ou não a um hipnótico, e como complemento de manutenção da anestesia geral e regional.

Contra Indicações de Nilperidol

Nilperidol é contra-indicado em pacientes com intolerância conhecida a qualquer um dos componentes da associação, e em crianças menores de 2 anos de idade.

Advertências sobre o uso de Nilperidol

A dose inicial deve ser reduzida em pacientes idosos e debilitados, de acordo com cada caso. Controle clínico para vasodilatação periférica e hipotensão, que podem ser potencializadas pela ação dos componentes do Nilperidol, quando utilizado como complemento da anestesia regional. Em caso de hipotensão, deve ser levada em conta a possibilidade de hipovolemia, que será controlada pmedidas adequadas, incluindo, se necessário, o uso de agentes vasopressores que não seja a adrenalina. O Nilperidol deve ser utilizado com controle clínico adequado em pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica ou outras patologias que possam diminuir a capacidade respiratória. Recomenda-se cautela na administração do Nilperidol em pacientes portadores de insuficiência hepática e/ou renal. O componente Nilperidol - Citrato de Fentanila pode provocar bradicardia, que embora seja revertida pela atropina, implicará na utilização do Nilperidol com cautela em pacientes portadores de bradiarritmia. ADVERTÊNCIAS: Assim como ocorre com outros depressores do Sistema Nervoso Central, os pacientes sob o efeito do Nilperidol devem estar sob controle clínico adequado devendo-se ter à disposição os meios necessários a uma reanimação de urgência e um antagonista narcótico. Em caso de hipotensão, deve estar disponíveis soluções parenterais e demais meios necessários ao controle. Quando houver necessidade de uso de analgésicos com atividade narcótica no período pós-operatório,doses devem ser reduzidas a 1/4 ou 1/3 das habitualmente recomendadas, em função do possível prolongamento do efeito depressrespiratório do Nilperidol, além da duração do seu efeito analgésico. A utilização do Nilperidol pode dar origem a uma rigidez muscular, comprometendo principalmente os músculos da respiração. Esse efeito encontra-se relacionado com a velocidade da injeção, podendo ser contornado com aplicação endovenosa lenta. A rigidez muscular, uma vez instalada, a respiração deverá ser assistida ou controlada, podendo-se empregar, se necessário, um agente curarizante. Nilperidol deve ser administrado com cautela, particularmente em pacientes com mairisco de depressão respiratória, como aqueles em estado de coma ptrauma craniano ou tumcerebral. O Citrato de Fentanila, o componente analgésico narcótico de Nilperidol, pode produzir droga-dependência do tipo morfínico.

Uso na Gravidez de Nilperidol

Até o momento, não existem estudos que garantam a segurança do uso do Nilperidol nos períodos de gravidez e lactação. Portanto, o uso do Nilperidol nesses períodos deverá estar estritamente à critério médico, devendo-se analisar criteriosamente a relação de risco-benefício.

Interações Medicamentosas de Nilperidol

Tem sido rita uma potencialização imprevisível e intensa dos inibidores da MAO pelos analgésicos narcóticos. Dessa forma, a administração do Nilperidol a pacientes em uso desses inibidores, deve ser suspensa há pelo menos duas semanas antes de receberem o Nilperidol. O emprego concomitante do Nilperidol com outros depressores do Sistema Nervoso Central (ex.: barbitúricos, tranqüilizantes, outros narcóticos ou agentes anestésicos gerais), proporcionará efeitos aditivos ou potencializadores. Nesses casos, a dose do Nilperidol deve ser reduzida.

Reações Adversas de Nilperidol

Os efeitos colaterais mais comuns são: depressão respiratória, rigidez muscular, apnéia e hipotensão. Tem sido observadas reações extrapiramidais (distonia, acatisia e crises óculo-gíricas), geralmente controladas através de antiparkinsonianos. Sintomas como inquietação, hiperatividade e ansiedade podem pertencer ao quadro de acatisia ou serem devidos à dose insuficiente de Nilperidol - Droperidol. Outros efeitos colaterais incluem: tonturas, calafrios ou tremores, laringoespasmo e episódios alucinatórios pós-operatórios (às vezes associados com períodos transitórios de depressão mental); tem sido relatada a ocorrência de hipertensão arterial após administração do Nilperidol, mesmo em pacientes sem hipertensão prévia. Esta hipertensão pode ser devida a alterações não conhecidas da atividade simpática em virtude de altas doses, porém sendo também atribuída à estimulação anestésica ou cirúrgica durante anestesia leve.

Posologia de Nilperidol

A dose deve ser individualizada, à critério do médico. DOSES USUAIS PARA ADULTOS: 1) Pré-medicação: A ser modificada individualmente nos pacientes idosos, debilitados e naqueles que receberam outras drogas depressoras; 0,5 a 2,0 ml podem ser administrados pvia intramuscular, 45 a 60 minutos antes da cirurgia, com ou sem atropina. 2) Complemento da anestesia geral: Indução: - 1 ml para cada 10 - 12 kg de peso corporal podem ser administrados lentamente pvia endovenosa. A dose pode ser diminuída e adaptada com base na resposta individual dos pacientes. Existe mais de um método para administração do Nilperidol na indução da anestesia: - Injeção endovenosa única:- para atendernecessidades do paciente, o Nilperidol pode ser administrado lentamente fracionando-se a dose total calculada. Com o início da sonolência, o anestésico geral pode ser administrado. • Infusão endovenosa gota a gota:- 10 ml do Nilperidol são adicionados a 250 ml de solução de Glicose a 5% e administrados gota a gota até o início da sonolência. Neste momento, a infusão pode ser diminuída ou suspensa e o anestésico geral pode ser administrado. Manutenção:- o Nilperidol não é indicado como agente único para a manutenção da anestesia cirúrgica. Geralmente é usado em combinação com outros agentes, como o protóxido de nitrogênio e oxigênio e outros anestésicos de inalação ou anestesia tópica ou regional. Quando se faz necessária a manutenção da analgesia em pacientes que receberam o Nilperidol inicialmente como complemento da anestesia geral, deve ser administrado FENTANEST isolado para evitar o acumulo de Nilperidol - Droperidol. Nesse caso, a dose recomendada de FENTANEST é de 0,025 a 0,05 mg (0,5 a 1,0 ml). 3) Uso sem anestésico geral em procedimentos diagnósticos: Administrar pvia intramuscular a dose recomendada de pré-medicação (0,5 a 2,0 ml) 45 a 60 minutos antes do procedimento. Caso se faça necessário, na manutenção da analgesia em pacientes que receberam o Nilperidol inicialmente como complemento da anestesia geral, deve-se empregar a administração isolada de FENTANEST. 4) Complemento da anestesia regional: 1 a 2 ml podem ser administrados pvia intramuscular ou endovenosa ou endovenosa lenta, quando se necessita de sedação adicional e analgesia. DOSE USUAL EM CRIANÇAS (acima de 2 anos de idade): 1) Pré-medicação: 0,25 ml para cada 10 kg de peso corporal, administrados intramuscularmente 45 a 60 minutos da cirurgia, com ou sem atropina. 2) Complemento da anestesia geral: A dose total combinada para indução e manutenção é em média de 0,5 ml para cada 10 kg de peso corporal. Para Manutenção, quando indicado, FENTANEST isolado, em dose de 1/4 a 1/3 da recomendada para adultos, pode ser usado para evitar o acumulo de Nilperidol - Droperidol.

Superdosagem de Nilperidol

Em caso de administração de dose excessiva do Nilperidol, caso ocorra hipoventilação ou apnéia, deve ser administrado oxigênio e a respiração deve ser assistida ou controlada, de acordo com o caso. Deve ser mantida uma via aérea livre, se necessário, pmeio de cânula intratraqueal. Se houver associação de depressão respiratória com rigidez muscular, pode ser necessário o uso de um curarizante. O paciente deve ser observado cuidadosamente durante 24 horas; a temperatura corporal e a respiração de líquidos devem ser mantidas de forma adequada. Se a hipotensão facentuada e persistente, deve ser levado em conta a possibilidade de hipovolemia que deve ser corrigida com a administração parenteral de soluções adequadas. Deve estar disponível um antagonista narcótico específico, como cloridrato de nalorfina ou naloxona, para o controle de depressão respiratória. Não deve ser esquecido que a depressão respiratória provocada pelo Nilperidol pode ser mais prolongada do que a duração do efeito do antagonista narcótico empregado.

COMENTÁRIOS DOS NOSSOS CLIENTES

7 Comentários

usuário

Parabéns, pelo excelente atendimento

10 de Dec

alcindo

(Águas de Lindóia )

usuário

Minha experiência foi muito agradável, estou muito satisfeito com todos os setores da Sare medicamentos. Indico à todos. E

09 de Dec

Rubens

(Bauru)

usuário

otimo atendimento e preço,sempre que preciso estou comprando,recomendo

09 de Dec

Jean

(Vargem Grande Paulista )

usuário

Rapidez, Agilidade e Confiabilidade !! O melhor processo de compra e entrega online que tive experiência

09 de Dec

RAPHAEL

(Jaboticabal )

usuário

Satisfação garantida.

09 de Dec

Andrea Mercante da Silva

(Itapecerica da Serra )

usuário

Ótimo. Empresa atual, moderna e dedicada ao cliente. Parabéns

09 de Dec

Ronaldo

(Embu)

usuário

Primeira vez que compro na sare e Gostei fiquei sastifeito pelo comprometimento deles indico

08 de Dec

Allan

(Groairas )