Bezafibrato 200mg c/20 Comprimidos

Bezafibrato 200mg c/20 Comprimidos

Fabricante: EMS
Código do Produto: 7896004710525
de: R$21,29

R$12.77

por R$12.39 no pagamento em boleto bancário ou débito online.

Quantidade:

Descrição do Produto

Bezafibrato

Apresentação da Bezafibrato:
20 comprimidos de 200mg
 
Substância Ativa
Bezafibrato
 
Medicamento Referência
Cedur
 

Uso Adulto

Precauções com Bezafibrato
 
Distúrbios do metabolismo lipídico, em muitos casos podem ser favoravelmente alterados por mudanças nos hábitos alimentares, atividade física, redução de peso e tratamento adequado de outros problemas metabólicos concomitantes (diabetes mellitus, gota, etc). Estas medidas devem ser mantidas durante os procedimentos de tratamento com Bezafibrato. Para obter o resultado terapêutico esperado, é necessário que o paciente seja submetido a um tratamento prolongado com Bezafibrato, e é recomendado que as instruções prescritas pelo médico sejam seguidas corretamente.
 
Pacientes submetidos ao tratamento com Bezafibrato devem ser submetidos a testes periódicos, para observar os níveis de lipídios, possíveis efeitos colaterais e ficar atento para a necessidade de continuação do tratamento com Bezafibrato. Se a resposta terapêutica não é alcançada em 3 ou 4 meses, o tratamento com Bezafibrato deve ser interrompido.
 
O tratamento com Bezafibrato em crianças geralmente não é indicado. Ele deve ser feito somente se for absolutamente necessário e após fator de risco-benefício ser analisado. Em pacientes com hipoalbuminemia, síndrome nefrótica ou com insuficiência renal, a dose de Bezafibrato deve ser reduzida e os procedimentos da função renal devem ser periodicamente monitorados.
 
Dores musculares e câimbras podem ser acompanhadas algumas vezes, por um aumento da CPK, como rabdomiólise. Na maioria dos casos esta síndrome ocorre devido a uma overdose de bezafibrato com maior incidência em pessoas com insuficiência renal. Uma vez que o estrogênio pode levar a um aumento nos lipídios, procedimentos hiperlipidêmicos prescritos a doentes que tomam estrogênio ou contraceptivos deve ser feito por análise de cada caso individual.
 
Os procedimentos de Interações Medicamentosas de Bezafibrato potencializam a ação dos anticoagulantes cumarínicos, de modo que se o tratamento com Bezafibrato reduzir a dose do anticoagulante em cerca de 30-50% da dose quando se inicia o tratamento com medidas que vão através do controle tempo de protrombina. Os procedimentos podem também aumentar os efeitos das sulfoniluréias e insulina. Isso pode ser explicado pela utilização da glicose melhora com a redução simultânea das necessidades de insulina. Até a data, tem havido relatos de hipoglicemia. Quando houver administração concomitante de colestiramina, um intervalo de duas horas deve ser observado entre o uso de dois medicamentos, como a absorção do bezafibrato e colestiramina em perigo. Maleato de inibidores da MAO Perexilina ou não deve ser administrado concomitantemente.
 
Overdose a Bezafibrato
Em caso de ingestão excessiva de Bezafibrato é recomendada que seja induzido o vômito e medidas gerais de suporte. A lavagem gástrica pode ser necessária.