Bem Vindo a Sare Drogarias

Televendas

(11) 2021-6464

Caduet 5mg/10mg - 10 comprimidos

Fabricante: Pfizer

Código do Produto: 7891268117752

De R$ 61,56 Por R$ 57,64

R$ 54,76 no pagamento à vista.

Ligue agora e fale conosco - (11)2021-6464

bandeiras de cartões

DESCRIÇÃO DO PRODUTO

Caduet

 

Laboratório de Caduet
 
Pfizer

Apresentação de Caduet

Caduet 5 mg/10 mg, 5 mg/20 mg, 10 mg/10 mg e 10 mg/20 mg em emb. c/ 10 ou 30 compr. rev.

Informações sobre Caduet

Caduet (besilato de anlodipino/atorvastatina cálcica) combina dois mecanismos de ação: a ação do anlodipino, uma diidropiridina, como antagonista do cálcio (bloqueaddo canal lento de cálcio ou antagonista do íon cálcio) e a inibição da HMG-CoA redutase pela atorvastatina. O componente anlodipino do Caduet inibe o influxo transmembrana do íon cálcio no interida musculatura lisa cardíaca e vular. O componente atorvastatina de Caduet é um inibidseletivo e competitivo da HMG-CoA redutase, a enzima ante responsável pela conversão da 3-hidroxi-3-metil-glutaril-coenzima A (HMG-CoA) a mevalonato, um precursdos esteróis, inclusive do colesterol.

 

Indicações de Caduet

Caduet (besilato de anlodipino/atorvastatina cálcica) é indicado para os seguintes grupos de pacientes: 1. Com risco cardiovular aumentado devido à presença de dois fatores de risco modificáveis: hipertensão e dislipidemia; e/ou 2. Com risco cardiovular aumentado devido à presença de doença cardíaca coronária sintomática expressa como angina e fatde risco adicional modificável de dislipidemia. Nestes pacientes com múltiplos fatores de risco cardiovular, Caduet está indicado paraseguintes condições clínicas: Hipertensão e/ou angina: 1. Hipertensão: Caduet pode ser utilizado isolado ou em combinação com outros agentes anti-hipertensivos; 2. Angina crônica estável ou vasoespástica (angina de Prinzmetal ou variante): Caduet está indicado para o tratamento da isquemia miocárdica devido à obstrução fixa (angina estável) ou vasoespasmo (angina de Prinzmetal ou angina variante) em monoterapia ou em combinação com outros medicamentos anti-anginosos. Dislipidemia: 1. Heterozigótica familiar e não-familiar: como um adjunto à dieta para reduzir níveis elevados de colesterol total, LDL-colesterol, apolipoproteína B e triglicérides, e para aumentar o HDL-colesterol em pacientes com hipercolesterolemia primária (familiar heterozigótica e não-familiar) e dislipidemia mista (Fredrickson tipos IIa e IIb); 2. Níveis elevados de triglicérides séricos: como um adjunto à dieta para o tratamento de pacientes com níveis de triglicérides elevados (Fredrickson tipo IV); 3. Disbetalipoproteinemia primária: para o tratamento de pacientes com disbetalipoproteinemia (Fredrickson tipo III) que não respondem adequadamente à dieta; 4. Hipercolesterolemia familiar homozigótica: para reduzir o colesterol total e o LDL-colesterol em pacientes com hipercolesterolemia familiar homozigótica como um adjunto a outros tratamentos redutores de lípides. Em pacientes com doença cardiovular e/ou dislipidemia, Caduet está indicado na prevenção secundária do risco combinado de morte, infarto do miocárdio não-fatal, parada cardíaca e re-hospitalização pangina do peito. Prevenção de Complicações Cardiovulares: Em pacientes sem evidência clínica de doença cardiovular e com ou sem dislipidemia, porém com múltiplos fatores de risco para doença coronariana como tabagismo, hipertensão, diabetes, baixo nível de HDL-colesterol ou história familiar de doença coronariana precoce, Caduet está indicado para redução do risco de: 1. doença coronariana fatal e infarto do miocárdio não-fatal, 2. acidente vular cerebral, 3. procedimentos de revularização e angina pectoris. Como um componente de intervenção de fatde risco múltiplo, Caduet deve ser utilizado em complemento às medidas não-farmacológicas incluindo uma dieta restritiva em relação a gorduras saturadas e colesterol, aumento da atividade física aeróbica e interrupção do fumo em indivíduos com risco aumentado de doença vular aterosclerótica devido à hipercolesterolemia e hipertensão, somente quando a resposta à dieta e outras medidas não-farmacológicas forem inadequadas (vide Guia de Metas de Tratamento do Programa Nacional de Colesterol dos EUA - NCEP - e III Diretrizes Brasileiras sobre Dislipidemia da SBC) e a pressão arterial estiver elevada ou inadequadamente controlada (vide JNC VII e IV Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial da SBH).

Contra Indicações de Caduet

Caduet (besilato de anlodipino/atorvastatina cálcica) é contra-indicado a pacientes com hipersensibilidade conhecida às diidropiridinas, anlodipino, atorvastatina ou a qualquer componente da fórmula. Caduet, que contém atorvastatina cálcica, é contra-indicado a pacientes com doença hepática ativa ou elevações persistentes inexplicadas das transaminases séricas, excedendo em 3 vezes o e superida normalidade; durante a gravidez ou lactação ou a mulheres em idade fértil que não estejam utilizando medidas contraceptivas eficazes. Caduet deve ser administrado a mulheres em idade fértil somente quando a gravidez se verificar altamente improvável e desde que estas pacientes tenham sido informadas dos riscos potenciais ao feto.

Reações Adversas de Caduet

A segurança da terapia combinada de anlodipino e atorvastatina foi avaliada em estudos duplo-cegos, placebo-controlados, em 1092 pacientes tratados concomitantemente para hipertensão e dislipidemia. Nos estudos clínicos, nenhum evento adverso em especial foi observado. Os eventos adversos se aram àqueles previamente relatados com anlodipino e/ou atorvastatina (vide abaixo os respectivos eventos adversos). Em geral, a terapia combinada de anlodipino e atorvastatina foi bem tolerada. Na maioria das vezes, os eventos adversos foram leves a moderados. Em estudos clínicos controlados, a ontinuação do tratamento devido a eventos adversos ou a anormalidades laboratoriais foi necessária em apenas 5,1% dos pacientes tratados tanto com anlodipino quanto com atorvastatina, comparados a 4,0% dos pacientes que receberam placebo. As informações a seguir estão baseadas em estudos clínicos e experiência pós-comercialização com anlodipino e atorvastatina. Experiência com Anlodipino O anlodipino é bem tolerado. Em estudos clínicos placebo-controlados envolvendo pacientes com hipertensão ou angina, os efeitos colaterais mais comumente observados foram: Sistema nervoso autônomo: rubor. Geral: fadiga. Cardiovular, geral: edema. Sistema nervoso central e periférico: tontura, dde cabeça. Gastrintestinal: dabdominal, náusea. Freqüência cardíaca/ritmo: palpitações. Psiquiátrico: sonolência. Nestes estudos clínicos não foi observado qualquer tipo de anormalidade clinicamente significativa nos testes laboratoriais relacionados ao anlodipino. Experiência Pós-Comercialização Na experiência pós-comercialização, os seguintes efeitos indesejados adicionais foram relatados com anlodipino: Sistema nervoso autônomo: boca seca, sudorese aumentada. Geral: astenia, dnas costas, mal-estar, dor, aumento ou diminuição de peso. Cardiovular, geral: hipotensão, síncope. Sistema nervoso central e periférico: hipertonia, hipoestesia/parestesia, neuropatia periférica, tremor. Endócrino: ginecomastia. Gastrintestinal: função intestinal alterada, dispepsia (incluindo gastrite), hiperplasia gengival, pancreatite, vômito. Metabólico/nutricional: hiperglicemia. Músculo-esquelético: artralgia, cãibra muscular, mialgia. Hematológico: púrpura, trombocitopenia. Psiquiátrico: impotência, insônia, mudanças no humor. Respiratório: tosse, dispnéia, rinite. Pele/anexos: alopecia, oloração da pele, urticária. Sentidos especiais: alteração de paladar, ruído no ouvido. Urinário: aumento na freqüência urinária, distúrbios miccionais, noctúria. Vular (Extracardíaco): vulite. Visão: distúrbios visuais. Células brancas do sangue/sistema reticuloendotelial: leucopenia. Hepatobiliar: foram raramente relatados casos de hepatite, icterícia e elevações da enzima hepática (a maioria compatível com colestase). Alguns casos graves requerendo hospitalização foram relatados em associação ao uso do anlodipino. Em muitos casos, a relação de causalidade é incerta. Raramente foram observadas reações alérgicas incluindo prurido, rash, angioedema e eritema multiforme. Assim como ocorre com outros bloqueadores do canal de cálcio, os seguintes eventos adversos foram raramente relatados e não podem ser distinguidos da história natural da doença de base: infarto do miocárdio, arritmia (incluindo bradicardia, taquicardia ventricular e fibrilação atrial) e dtorácica. Experiência com Atorvastatina A atorvastatina é geralmente bem tolerada. As reações adversas foram geralmente de natureza leve e transitória. Menos de 2% dos pacientes foram ontinuados dos estudos clínicos devido a efeitos colaterais atribuídos à atorvastatina. Os efeitos adversos mais freqüentes (1% ou mais) associados ao tratamento com atorvastatina, em pacientes participando de estudos clínicos controlados, foram: Psiquiátrico: insônia. Sistema nervoso: cefaléia. Gastrintestinal: náusea, diarréia, dabdominal, dispepsia, constipação, flatulência. Sistema músculo-esquelético e tecido conjuntivo: mialgia. Geral: astenia. Os seguintes efeitos adversos adicionais foram relatados em estudos clínicos com atorvastatina: Metabólico/nutricional: hipoglicemia, hiperglicemia, anorexia. Sistema nervoso: neuropatia periférica, parestesia. Gastrintestinal: pancreatite, vômito. Hepatobiliar: hepatite, icterícia colestática. Pele e tecido subcutâneo: alopecia, prurido, rash, angioedema. Sistema músculo-esquelético e tecido conjuntivo: miopatia, miosite, cãibra muscular. Sistema reprodute mama: impotência. Nem todos os efeitos listados acima tiveram, necessariamente, uma relação de causalidade associada ao tratamento com atorvastatina. Experiência Pós-Comercialização Na experiência pós-comercialização os seguintes efeitos indesejáveis adicionais foram relatados com atorvastatina: Sistema hematológico e linfático: trombocitopenia. Imunológicos: reações alérgicas (incluindo anafilaxia). Metabólico/nutricional: aumento de peso. Sistema nervoso: hipoestesia, amnésia, tontura. Ouvido e labirinto: ruído no ouvido. Pele e tecido subcutâneo: síndrome de Stevens-Johnson, necrólise epidérmica tóxica, eritema multiforme, erupção cutânea bolhosa, urticária. Sistema músculo-esquelético e tecido conjuntivo: rabdomiólise, artralgia, dnas costas. Geral: dno peito, edema periférico, mal-estar, fadiga. ATENÇÃO: ESTE É UM MEDICAMENTO NOVO E, EMBORA AS PESQUISAS TENHAM INDICADO EFICÁCIA E SEGURANÇA ACEITÁVEIS PARA COMERCIALIZAÇÃO, EFEITOS INDESEJÁVEIS E NÃO CONHECIDOS PODEM OCORRER. NESTE CASO, INFORME AO SEU MÉDICO.

Posologia de Caduet

Caduet (besilato de anlodipino/atorvastatina cálcica) é um produto associado que visa a tratar condições distintas, hipertensão/angina e dislipidemia. Desta forma, existem várias maneiras de iniciar o tratamento para os pacientes aos quais a terapia concomitante de anlodipino e atorvastatina fapropriada. A dose de ataque e de manutenção de Caduet deve ser individualizada com base nas metas terapêuticas, na eficácia e na tolerabilidade, sem exceder a dose máxima recomendada de 10 mg de anlodipino/80 mg de atorvastatina. Não é necessário ajuste de dose de Caduet na administração concomitante com diuréticos tiazídicos, beta-bloqueadores e inibidores da enzima conversora da angiotensina. O paciente deve continuar com a dieta padrão para redução do colesterol durante o tratamento com Caduet. As doses podem ser administradas a qualquer hora do dia, com ou sem alimentos. Caduet está disponível na forma de comprimidos revestidos nas dosagens: 5 mg/10 mg, 5 mg/20 mg, 5 mg/40 mg, 5 mg/80 mg, 10 mg/10 mg, 10 mg/20 mg, 10 mg/40 mg e 10 mg/80 mg de anlodipino/atorvastatina, respectivamente, para ser administrado uma vez ao dia. A faixa de dosagem para Caduet é de 5mg/10 mg até 10 mg/80 mg, de acordo com o esquema abaixo: (vide bula original)

COMENTÁRIOS DOS NOSSOS CLIENTES

7 Comentários

usuário

Primeira vez que compro na sare e Gostei fiquei sastifeito pelo comprometimento deles indico

08 de Dec

Allan

(Groairas )

usuário

ótimo atendimento

08 de Dec

Douglas E da Costa

(Santos )

usuário

Foi muito legal, superou a minha expectativa, muito obrigado

07 de Dec

Henrique

(Ilha Solteira )

usuário

O último produto que comprei tá demorando demais pra chegar já faz mas de 10 dias

06 de Dec

edilson

(Unaí )

usuário

PERFEITO, ENTREGA RÁPIDA SEM NENHUM PROBLEMA

05 de Dec

MAURO

(Curitiba )

usuário

Preço e facilidades de acesso bons. O prazo de entrega podia ser menor.

04 de Dec

Cristiane

(São Vicente )

usuário

Rapido, pratico e bom preço

04 de Dec

Lara

(Uberlândia )